25 de maio de 2024
Erick Bruske - Foto: Divulgação / Esporte na Foto

Erick Bruske é vice-campeão Sub-23 e 4º lugar na classificação geral da Taça Brasil de XCO

Lucas Sírio, companheiro de Erick na equipe Specialized Racing BR, também garantiu pódio em Goiânia, com a quarta posição na júnior

Em reta final de preparação para o Campeonato Brasileiro de MTB, no dia 17 de julho, em Juiz de Fora (MG), os atletas Erick Bruske e Lucas Sírio disputaram neste fim de semana, em Goiânia, a segunda etapa da Taça Brasil de XCO (Cross Country Olímpico). Enquanto o catarinense Erick levou o vice-campeonato na sub-23, além de completar em quarto lugar no geral, o mineiro Lucas também garantiu lugar no pódio, com a quarta posição na júnior.

Classe 2 na UCI (União Ciclística Internacional), a competição ofertou 30 pontos aos campeões das elites no ranking mundial. O circuito do Laboratório contou com 7,3 km de extensão e teve as largadas realizadas no Paço Municipal. “Estou muito feliz com o resultado, que estava dentro das minhas pretensões. Foi muito importante conquistar o vice na sub-23 e o quarto melhor no geral. Espero que seja o início de uma nova fase nesta temporada”, comemorou Erick.

Após vencer a Junior no circuito em 2015, Erick já imaginava o que poderia dificultar a busca pelas primeiras colocações. “Como eu previa, o calor realmente foi forte e complicou para mim, que sou do Sul do Brasil. Mesmo assim, consegui rodar muito bem e durante a prova não me deixei incomodar por esse fator externo”, disse. “Larguei em segundo e no fim da primeira volta fui ultrapassado pelo campeão. Por um bom tempo andei em terceiro até o final da terceira volta, quando caí para quinto. Disputei até o fim a quarta colocação e consegui passar meu adversário na última subida do percurso, para em seguida me distanciar na volta decisiva”, completou.

Lucas Sírio - Foto: Divulgação / Esporte na Foto
Lucas Sírio – Foto: Divulgação / Esporte na Foto

Já Lucas Sírio esteve na liderança da Junior no começo da prova, mas completou em quarto lugar. “Larguei bem e impus um ritmo forte e intenso, o que fez com que o pelotão fosse diminuindo. Porém, no final da primeira volta fui ultrapassado por dois rivais na última subida do circuito”, relembrou Lucas. “Não estava em um bom dia e foquei a disputa pela terceira colocação, porém na última volta meu adversário abriu um certa diferença e assim completei em quarto. Tive uma performance razoável. Agora é recuperar e definir o planejamento até o Campeonato Nacional, para chegar em Juiz de Fora em uma boa forma”, concluiu.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização