22 de maio de 2024
Raiza comemora vitória na CIMTB - Foto: Thiago Lemos / Divulgação

Raiza Goulão celebra ranking inédito e prepara-se para as Olimpíadas na altitude italiana

Ciclista alcançou nesta terça-feira (31) a 11ª colocação no ranking mundial. Goiana está na Itália, preparando-se para as últimas cinco provas, incluindo o Mundial, antes da Rio 2016

A atual temporada segue como a melhor da carreira da ciclista Raiza Goulão, convocada no último dia 27 para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016 na modalidade Cross Country Olímpico (XCO). Depois de atingir feitos inéditos como o vice-campeonato Pan-Americano, na Argentina, e o 17º lugar na etapa de La Bresse, na França, da Copa do Mundo de MTB, quando conquistou sua melhor colocação no evento, Raiza deu mais um salto em sua carreira. Na atualização do ranking mundial da UCI (União Ciclística Internacional), divulgado nesta terça-feira (31), a atleta subiu para a 11ª colocação, com 1170 pontos.

Raiza Goulão compete em São Lourenço da Serra em 2010 - Bruno Fernandes / Divulgação
Raiza Goulão compete em São Lourenço da Serra em 2010 – Bruno Fernandes / Divulgação

“Esta terça-feira foi um dia surpreendente para mim. Uma meta atingida que eu previa apenas para 2017. Quando me avisaram minha colocação, comecei a pular de alegria. Só acreditei mesmo quando abri o site da UCI e confirmei a informação. Uma emoção grande demais, que demonstra que o Brasil pode desenvolver sim um trabalho sério e termos mais atletas no topo do ranking mundial no futuro”, comemora Raiza.

O feito de Raiza Goulão só é superado por Jaqueline Mourão, sétima do mundo no ranking divulgado no início de setembro de 2003, atleta que Raiza teve como orientadora no início de sua carreira após participar do projeto MTB Teen em 2010, no Brasil, e em 2011, na casa de Jaqueline, no Canadá. “Foi depois do estágio na casa da Jaque, no Canadá, que voltei decidida que queria ser atleta. A partir daí busquei profissionais para me orientarem, como nutricionista, endocrinologista etc. Por isso agradeço muito a ela. A Jaqueline Mourão é um grande exemplo de atleta, que tornou-se uma amiga de verdade. Mesmo longe, quando nos encontramos ela parece me entender em todos os aspectos”, destaca a ciclista.

Raiza em La Bresse, na França - Foto: Anderson Guedes / Divulgação
Raiza em La Bresse, na França – Foto: Anderson Guedes / Divulgação

Treinamento na altitude durante 20 dias – Após disputar as etapas da Copa do Mundo de MTB da Alemanha, terminou em 31º lugar, e da França (17a,), Raiza está em Livigno, na Itália, onde realiza treinamento na altitude (1.800 metros acima do nível do mar) por cerca de 20 dias, antes de viajar para Alemanha. Em Heubach, na região de Stuttgart, a ciclista irá competir no dia 19 de junho a KMC MTB Bundesliga, com classificação Hors Class. “Esse treino na altitude será muito bom, para me ajudar a chegar em alto nível no Campeonato Mundial, dia 3 de julho, e na quarta etapa da Copa do Mundo, na Suíça, no dia 9 do mesmo mês. Tudo visando a melhora no desempenho, aumentando os níveis de oxigênio no sangue”, relata.

Após encerrar 2015 com o título brasileiro e da principal ultramaratona de MTB das Américas, a Brasil Ride, neste ano já foram cinco vitórias: abertura da Taça Brasil de XCO, Abierto del Noa (ARG), Copa Lippi (CHI), Copa Chile Internacional e segunda etapa da Copa Internacional de MTB. Antes de viajar para a temporada europeia, Raiza saiu do Brasil com um excelente aproveitamento, conquistando 520 pontos em 600 possíveis em sete provas. Além das competições citadas, Raiza foi a terceira colocada na abertura da CIMTB, atrás apenas da polonesa Maja Wloszczowska, número 4 do mundo, e da mexicana Daniela Campuzano, atual bicampeã pan-americana.

“Além de disputar as três competições de alto nível aqui na Europa, com as melhores do mundo e concorrentes do ranking mundial, este é momento de sentar com meus treinadores, fazendo o balanço da temporada até o momento e ver o que tem de ser ajustado pensando na Olimpíada, porque estou na reta final. Aqui estou competindo com as ciclistas que estarão na Rio 2016, algo muito importante para mim”, avalia Raiza.

Quando voltar para o Brasil, Raiza compete, no dia 16 de julho, no Campeonato Brasileiro de MTB, em Juiz de Fora (MG), quando defenderá o título de campeã nacional. Em seguida, terá um período com a família em Pirenópolis, para depois seguir para etapa do Canadá da Copa do Mundo de MTB, dias 6 e 7 de agosto, e então pensar no Jogos Olímpicos. “É o maior evento do planeta. Está sendo algo surreal para mim, me deixando com sorriso de orelha a orelha, só de pensar em representar o Brasil lá em Deodoro. Estou muito motivada e confiante. Quero contar com o apoio do povo brasileiro, que me ajudará demais com sua energia lá no Rio de Janeiro nos dias 20 e 21 de agosto”, destaca.

Perfil Raiza Goulão

  • Nascimento: 28/02/1991
  • Cidade: Pirenópolis (GO)
  • Títulos: Bicampeã Pan-Americana sub-23, Campeã Brasileira 2015, Campeã Brasil Ride 2015
  • Hobbies: Cozinhar, Trekking com seus cachorros, nadar e jogar conversa fora com os amigos
  • Músicas: Led Zeppelin, Pink Floyd, Metalica e Imagine Dragon
  • Tipo de cinema: Medieval, drama e ação
  • Pratos preferidos: Comida japonesa, açaí e a comida da mãe
  • Maior sonho: Estar na Olimpíada e ser top 10 do mundo
  • Ídolo esportivo: Jaqueline Mourão
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização