25 de maio de 2024

Segurança do Tour de France mobilizará 23 mil policiais

Maior prova esportiva da França ocorrerá em julho simultaneamente à Eurocopa, em um contexto de “risco elevado de terrorismo”, de acordo com o ministro francês do Interior

Para garantir a segurança da maior prova esportiva do país, a França irá deslocar 23 mil policiais para proteger os fãs e os ciclistas que irão disputar o tradicional Tour de France, entre os dias 2 e 24 de julho.

Ainda sob estado de exceção, em razão dos atentados terroristas de novembro em Paris, a França, que sediará na mesma ocasião a Eurocopa, contará com um esquema especial de segurança que envolverá pela primeira vez membros do Grupo de Operações Especiais da Polícia Francesa (GIGN) que irão acompanhar toda a prova, prontos a intervir a qualquer momento, conforme declarou o ministro do Interior, Bernard Cazeneuve, em reunião com responsável pela organização da prova, Christian Prudhomme.

“Qualquer um compreende que este ano, o Tour de France será realizado em um contexto especial”, afirmou o ministro, lembrando que, devido aos atentados ocorridos em Paris em novembro do ano passado, quando Paris sofreu uma série de ataques que causaram a morte de 130 pessoas, o país continua em estado de alerta elevado, fazendo com que eventos esportivos e locais turísticos e religiosos tenham ganhando atenção especial das forças de segurança nos últimos meses.

Cazeneuve destacou que o país deve “estar extremamente vigilante (…) face a um inimigo determinado que pode atuar a qualquer momento”.

O ministro lembrou que o Tour de France “é, desde 1903, o maior evento esportivo do país e acompanhado ao longo das estradas por cerca de 12 milhões de pessoas”.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização