23 de maio de 2024
Mikel Nieve - Foto: Divulgação / Giro d'Italia

Giro d’Italia 2016: Mikel Nieve vence 13 ª etapa em dia de mudança na liderança

Ciclista da Sky cruza a linha de chegada com 43 segundos de vantagem sobre o italiano Giovanni Visconti, segundo colocado. Andrey Amador, da Movistar, é o novo Camisola Rosa

Mikel Nieve, da equipe Sky, venceu hoje (20) uma das mais complicadas etapas da edição 2016 do Giro d’Italia. O percurso de 170 km, que conta com quatro subidas e termina perto da fronteira com a Eslovênia, não foi problema para o ciclista espanhol, que cruzou a linha de chegada com o tempo de 4h31m, cerca 43 segundos a menos que o italiano Giovanni Visconti, segundo colocado. O terceiro lugar ficou com Vincenzo Nibali (Astana).

A etapa que liga Palmanova a Cividale Del Friuli ficou também marcada pela alteração na liderança da prova. Bob Jungels (Etixx – Quick-Step), que vestia até ontem a Camisa Rosa pelo terceiro dia consecutivo, não conseguiu finalizar entre os primeiros dez classificados, entregando a liderança ao costa-riquenho Andrey Amador, da Movistar. Amador agora conta com 26 segundos de vantagem em relação ao luxemburguês, que finalizou na 17ª posição, 2m31 atrás de Mikel Nieve.

Com o resultado, Amador entra para a história do ciclismo como o primeiro costa-riquenho a liderar uma grande volta.

“Nunca havia imaginado isto. Não pensava que fosse possível e estou muito contente por poder vestir a Camisa Rosa. Sempre me apoiaram na Costa Rica e esta liderança é dedicada a todos”.

Nieve, que ganhou pela segunda vez uma etapa (tinha vencido uma há cinco anos), salientou a importância da vitória para a sua equipa, após o abandono forçado de seu companheiro de equipe Mikel Landa devido a uma gastroenterite durante a 10ª etapa.

“Após o abandono do Landa, foi muito decepcionante. A equipe estava obviamente um pouco desmoralizada. Queríamos vencer etapas e estamos muito contentes por termos isto conseguido hoje”, salientou.

O ciclista espanhol foi mais forte nas subidas, aproveitando o espaço concedido primeiro em Montemaggiore, e mais tarde em Cima Porzus, onde fez o caminho praticamente sozinho.

“Depois da primeira fuga senti-me bem para continuar. Estive bem nas subidas, mas as descidas foram muito complicadas. Felizmente consegui cumpri-las e estou muito feliz com o resultado”, disse.

A 14ª etapa será realizada neste sábado. entre Alpago e Corvara, novamente em um percurso de montanha com 210 km de extensão.

Resultados da 13ª etapa

# Ciclista (País) Equipe Tempo
1 Mikel Nieve (Spa) Team Sky 4:31:49
2 Giovanni Visconti (Ita) Movistar Team 0:00:43
3 Vincenzo Nibali (Ita) Astana Pro Team 0:01:17
4 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team
5 Rafal Majka (Pol) Tinkoff Team
6 Stefan Denifl (Aut) IAM Cycling
7 Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNl-Jumbo
8 Rigoberto Uran (Col) Cannondale Pro Cycling
9 Matteo Montaguti (Ita) AG2R La Mondiale
10 Domenico Pozzovivo (Ita) AG2R La Mondiale

General classification after stage 13

# Ciclista (País) Equipe Tempo
1 Andrey Amador (CRc) Movistar Team 54:05:50
2 Bob Jungels (Lux) Etixx – Quick-Step 0:00:26
3 Vincenzo Nibali (Ita) Astana Pro Team 0:00:41
4 Alejandro Valverde (Spa) Movistar Team 0:00:43
5 Steven Kruijswijk (Ned) Team LottoNl-Jumbo
6 Rafal Majka (Pol) Tinkoff Team 0:01:37
7 Ilnur Zakarin (Rus) Team Katusha 0:02:01
8 Esteban Chaves (Col) Orica-GreenEdge 0:02:19
9 Rigoberto Uran (Col) Cannondale Pro Cycling 0:02:48
10 Jakob Fuglsang (Den) Astana Pro Team 0:03:15
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização