19 de maio de 2024

SRAM lança grupo de transmissão específico para e-Mountain Bikes

Novo grupo EX1 conta com pedivela compatível com movimentos centrais ISIS, câmbio reforçado, cassete de oito velocidades e freios a disco de quatro pistões por pinça

Pouco menos de um mês após sua principal concorrente, a Shimano, anunciar o lançamento de sua linha de componentes para mountain bikes elétricas, a norte-americana SRAM divulgou hoje o lançamento de seu primeiro grupo de transmissão voltado especificamente para e-Mountain Bikes.

Embora os atuais grupos de transmissão sejam perfeitamente compatíveis com e-bikes, o novo SRAM EX1 conta com uma série de diferenciais com o intuito de otimizar ao máximo a relação peso/eficiência/durabilidade do conjunto.

Cassete XG-899 E-Block

Cassete XG-899 E-Block
Cassete XG-899 E-Block

Quando realizamos uma troca de marchas em uma bike sem assistência elétrica, é recomendado que aliviemos a força da pedalada, de forma não forçar o cassete e a corrente. Já em uma e-bike, o motor encontra-se continuamente tracionando a relação.

Devido à isto, a SRAM projetou um novo cassete de oito velocidades, denominado XG-899 E-Block, mais resistente ao desgaste e com uma relação mais ampla do que a utilizada em modelos comuns. Para se ter uma ideia, enquanto que a relação entre o número de dentes dos diferentes pinhões do cassete variam entre 14-17%, no novo E-Block ela chega a 30%.

Outra mudança necessária foi a alteração do design dos dentes dos pinhões, que resultaram em uma maior velocidade nas trocas de marchas e menor índice de falhas sob carga.

Com a relação 11-48, o cassete XG-899 E-Bloc conta com pinhões de 11, 13, 15, 18, 24, 32, 40 e 48 dentes.

Trocador de marchas EX1 X-Actuation

Trocador de marchas EX1 X-Actuation
Trocador de marchas EX1 X-Actuation

Com a relação de transmissão atipicamente ampla do cassete, foi necessária a criação de um trocador de marchas compatível. Apesar de sua aparência convencional, o novo passador EX1 X-Actuation conta com engrenagens redimensionadas em seu interior, de forma esticar os cabos com maior eficiência e utilizando o mesmo índice de atuação das demais alavancas de acionamento.

Câmbio traseiro EX1 X-Horizon

Câmbio traseiro EX1 X-Horizon
Câmbio traseiro EX1 X-Horizon

O novo câmbio traseiro EX1 X-Horizon conta com as mesmas tecnologias utilizadas nas demais linhas de MTB da SRAM, mas conta com um corpo reforçado e com a polia inferior sobre dimensionada.

Pedivela EX1 E-Crank

Pedivela EX1 E-Crank
Pedivela EX1 E-Crank

Leve, durável e rígido, o novo pedivela Pedivela EX1 E-Crank é construído em alumínio forjado e é compatível com motores das marcas Bosch, Brose, Yamaha e outros que utilizem eixos no padrão ISIS.

Pinhão X-Sync, disponível em opções de 14, 16 e 18 dentes
Pinhão X-Sync, disponível em opções de 14, 16 e 18 dentes

O pedivela permite a montagem direta de pinhões de 14, 16 e 18 dentes, além de coroa BCD 104 de 34 dentes, no caso de motores da Brose.

Corrente PC EX-1

Corrente PC EX-1
Corrente PC EX-1

Otimizada para utilização em cargas maiores, a nova corrente PC EX-1 possui um chanframento extra em suas placas internas para aumentar a eficiência na troca de marchas.

 Freios Guide RE

Freios Guide RE
Freios Guide RE

Para uma maior eficiência na frenagem em bicicletas que pesam muito mais que os modelos comuns, a SRAM optou por lançar o novo Guide RE, o primeiro freio a disco hidráulico do mundo construído especialmente para e-bikes.

O freio herda dos modelos utilizados em Enduro/DH a utilização de quatro pistões por pinça e conta com uma reforçada manete em alumínio, que permite o ajuste de posicionamento sem a necessidade de ferramentas.

De acordo com a SRAM, o novo grupo deverá ser comercializado nos Estados Unidos e na Europa aos seguintes preços sugeridos:

  • Cassete XG-899 E-Block: 390 dólares;
  • Trocador de marchas EX1 X-Actuation: 48 dólares;
  • Câmbio traseiro EX1 X-Horizon: 142 dólares;
  • Pedivela EX1 E-Crank: 50 dólares;
  • Pinhão X-Sync: 20 dólares;
  • Corrente PC EX-1: 25 dólares;
  • Freios SRAM Guide: 133 dólares.
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização