19 de maio de 2024
Ricardo Pscheidt no pódio na Costa Rica - Foto: Divulgação / Shimano

Na Costa Rica, Ricardo Pscheidt é vice-campeão da Fecha Copa Nacional

Com o resultado, o catarinense soma 40 pontos nos rankings olímpico e mundial de mountain bike; Francisco Chamorro é pódio na última etapa Volta da Turquia

O catarinense Ricardo Pscheid (Trek/Shimano) representou o Brasil neste domingo (1º/5) na Fecha Copa Nacional, em Alajuela, na Costa Rica. Com o vice-campeonato conquistado, o atleta do Shimano Sports Team somou mais 40 pontos nos rankings UCI (União Ciclística Internacional), mantendo vivo o sonho de representar o País na Rio 2016.

Com o tempo de 1h39min49, Ricardo Pscheidt foi o único estrangeiro no pódio da elite masculina, vencida por Paolo Montoya (1h37min41). Diego Solano, Carlos Herrera e Frederico Mendez completaram as cinco primeiras colocações. “Estou muito feliz com esse resultado. A esperança de representar o Brasil na Rio 2016 volta a crescer. Como era de se esperar, fez muito calor e o tempo estava muito seco. Fiz uma prova planejando friamente cada volta para não errar e sempre andando entre os primeiros colocados. A pista estava bastante técnica com diversas alterações feitas pela organização e também muito travada”, contou Pscheidt.

Com os pontos conquistados na Fecha Copa Nacional, aumentam a possibilidade de Ricardo Pscheidt estar na Rio 2016, uma vez que existem chances reais de o Brasil ter um segundo representante no cross country olímpico (XCO). Além do já classificado Henrique Avancini, a briga de Pscheidt está polarizada com o mineiro Rubinho Valeriano. Se antes o atleta Shimano estava 34 pontos atrás de Rubinho, com os 40 pontos trazidos na bagagem da Costa Rica o catarinense deve ultrapassar seu rival na próxima atualização do ranking UCI.

Chamorro (dir.) no pódio da Volta da Turquia  - Foto: Divulgação / Shimano
Chamorro (dir.) no pódio da Volta da Turquia – Foto: Divulgação / Shimano

Volta da Turquia – A Funvic – Soul Cycles, equipe de São José dos Campos que conta com os componentes Shimano Dura-Ace Di2 e mecânico, completou neste domingo sua participação na 52ª edição da Volta de Turquia. Na oitava e última etapa, com 201,7 km entre Marmaris e Selçuk, o argentino Francisco Chamorro foi o destaque, ao conquistar a terceira colocação. O espanhol Antonio Piedra foi o melhor colocado no geral, em 27º.

“Estou muito feliz com o resultado e devo isso a muito esforço e trabalho de todos da nossa equipe. Nesta última disputa foram mais de 200 quilômetros e no final eu estava muito cansado, porque havia várias subidas ao longo do percurso. O Piedra me ajudou muito na última subida e isso foi um dos pontos determinantes para que eu conseguisse fazer o sprint e garantir um lugar no pódio”, destacou Francisco Chamorro.

Lucas Borba  - Foto: Divulgação / Shimano
Lucas Borba – Foto: Divulgação / Shimano

Brasil Enduro Series – O catarinense Lucas Borba disputou neste fim de semana o Brasil Enduro Series, competição pioneira de MTB enduro no Brasil, e completou a disputa da elite na oitava colocação, em 13min08. A vitória da etapa ficou com o mineiro André Bretas (12min08), atual campeão do BES. Apesar de a modalidade não ser a especialidade de Lucas, a competição serviu de treinamento para seus próximos desafios na Europa, onde disputará duas etapas do Campeonato Catalão de downhill.

“A corrida foi bem bacana, com uma boa estrutura e as pistas bem construídas. Em resumo, exigiu o máximo do preparo físico. Estou contente com o resultado, porque não é minha modalidade. Os profissionais do Enduro do Brasil estão muito fortes, o que me deixa contente por estar no top 10 da competição. Mas, confesso que não vejo a hora de pedalar na minha bike de Downhill”, avaliou Lucas Borba.

Pódio da prova em Indaiatuba - Foto: Ivan Storti / Federação Paulista de Ciclismo
Pódio da prova em Indaiatuba – Foto: Ivan Storti / Federação Paulista de Ciclismo

Prova Ciclística 1º de Maio – Dois atletas do Shimano Sports Team subiram no pódio da 66ª edição da Prova Ciclística 1º de Maio, realizada no Parque Ecológico de Indaiatuba (SP). Enquanto o mineiro Frederico Mariano Nascimento (Caloi Elite Team) foi o vice-campeão, o sul-mato-grossense João Marcelo Gaspar (Funvic/Soul Cycles) completou em quarto lugar. A vitória foi de José Jaílson Diniz, completando 32 voltas em 2h00min50.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização