25 de maio de 2024
Victor Fernandes - Foto: Wesley Kestrel / CBC

Sergipanos fazem dobradinha no pódio da Copa Nordeste de Ciclismo

Victor Fernandes levou a medalha de ouro seguido pelo seu companheiro Andrei Dorea com a prata. No Feminino, a vitória ficou com a paraibana Karine Monteiro

Muito sol e uma leve brisa no fim da tarde marcaram a estreia da Copa Nordeste de Ciclismo 2016, no estado de Sergipe. Cerca de 300 ciclistas de nove estados estão concentrados para três dias de muita competição. Nesta sexta (29), foi disputada a prova de contra-relógio individual, realizada em um percurso de 6 quilômetros na Avenida Silvério Leite Fontes, próximo ao aeroporto de Aracaju.

Os anfitriões fizeram bonito e estrearam com uma dobradinha incrível conquistada na categoria Elite. A medalha de ouro ficou com o ciclista Victor Fernandes, que cravou o tempo de 8min13s, terminando com 17s de vantagem sobre o segundo colocado, Andrei Dorea, também de Sergipe, que marcou 8min31s. O piauiense Emanuel Rabelo conquistou a medalha de bronze com 8min44s.

“Fiz uma prova rápida e estou muito feliz com o resultado. O contra-relógio não é a minha especialidade, mas consegui fazer uma boa pré-temporada e os treinos estão cada vez surtindo mais efeito. A delegação de Sergipe está muito forte, acredito que também temos condições de repetir o bom desempenho nos próximos dias. Agradeço a oportunidade de estar representando meu estado e compartilho essa vitória com toda minha família e amigos”, destacou Victor.

Karine Monteiro - Foto: Wesley Kestrel / CBC
Karine Monteiro – Foto: Wesley Kestrel / CBC

Na prova feminina, a vitória ficou com a paraibana Karine Monteiro, que fez o tempo de 9min38s, seguida pela baiana Cristiane Duque, medalha de prata, com 9min49s, e a potiguar Dilma Chacon, que marcou 10min07 e completou o pódio com a medalha de bronze. “Eu me adapto bem nesse tipo de percurso. Foi uma prova rápida e conseguir marcar um bom tempo”, declarou a campeã.

A seleção baiana também começou a competição com força total, alcançando a marca de sete medalhas de ouro. O ciclista baiano Murillo Collares venceu na Junior; Ricardo Viana na Master A1; Jaime Bonfim na Master B1; Jorge Almeida na Master B2; Antônio Rocha na Master C1; Edinei Santos na Master C2 e Ernando Barros na Veterano. Entre os demais estados também comemoraram Ewerton Galvão (Rio Grande do Norte) na Master A2; Caio Melo (Sergipe) na Juvenil. Com os resultados a Bahia assumiu o primeiro lugar na classificação geral com 46 pontos, seguida de Sergipe com 32 pontos e Paraíba com 20 pontos.

Neste sábado (30) os ciclistas enfrentam a prova de resistência com percursos que chegam a 120 quilômetros. Será mais uma grande oportunidade para as delegações seguirem confiantes na classificação geral.

Programação

Dia: 29/04/2016 (Sexta-Feira)

  • 10:00 horas – Abertura do evento e Congresso Técnico
  • 14:00 horas – Prova Contra-relógio Individual
  • 20:00 horas – Reunião Técnica

Dia: 30/04/2016 (Sábado)

  • 07:00 horas – Provas de resistência

Dia: 01/05/2016 (Domingo)

  • 07:00 horas – Provas de circuito
  • 11:30 horas – Premiação
  • 12:00 horas – Encerramento

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização