22 de maio de 2024

SRAM decreta a ‘morte’ do câmbio dianteiro

Fabricante norte-americano publica vídeo que sugere a intenção de abandonar as relações de transmissão de 2 e 3 coroas

Marca pioneira no MTB em transmissões de coroa única, a norte-americana SRAM publicou ontem em seu canal no YouTube um vídeo, em tom de despedida, que sugere a extinção do câmbio dianteiro em sua linha de produtos a partir de 2017.

Embora ainda não se possa afirmar oficialmente se o fabricante irá abandonar este componente em toda sua linha de MTB, é certo que a SRAM já conta hoje com uma ampla e crescente coleção de grupos baseados em transmissão de 1x velocidades.

Pesa a favor da decisão recentes imagens divulgadas na internet mostrando cassetes de 12 velocidades, sugerindo que a SRAM estaria em vias de lançar um novo grupo topo de linha de 1 x 12 velocidades, o que poderia ser o golpe de misericórdia sobre os grupos baseados em duas e três coroas, pelo menos de acordo com a filosofia do fabricante estadunidense.

No atual momento entretanto, parece arriscado simplesmente deixar de lado os argumentos de sua arquirrival Shimano em favor de transmissões 2x e 3x velocidades inclusas como opções em seu grupo eletrônico topo de linha XTR Di2, cuja tecnologia deverá ser estendida em breve para grupos mais baratos, como o XT.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização