21 de abril de 2024

Bimoz, o motor elétrico que transforma qualquer bicicleta em e-bike

Com apenas 1,97 quilos (incluindo a bateria), acessório substitui a perna esquerda do pedivela da bike e pode ser instalado em apenas 20 minutos

Embora kits de motores elétricos não sejam um novidade no mercado, via de regra são pesados, de instalação complicada e nem sempre compatíveis com bicicletas de série.

Entre as últimas novidades em relação a este tipo de acessório destaca-se o Bimoz, um kit contendo motor, bateria e controlador que, com apenas 1,97kg é considerado um dos mais leves e polivalentes já lançados no mercado.

Desenvolvido na Suíça e compatível com praticamente qualquer tipo de bicicleta, o Bimoz utiliza um motor em forma de disco, instalado diretamente no movimento central, em substituição à perna esquerda do pedivela. O motor, de 250 watts de potencia é alimentado por uma bateria de polímero de lítio instalada no quadro, mais precisamente no tubo do selim.

Bimoz

Um controle remoto a cabo instalado no guidão controla os tipos de assistência elétrica à pedalada, auxiliado por um sensor conectado ao pedal, que mede a potência da pedalada e aumenta ou diminui o torque do motor.

Bimoz

O motor conta ainda com um circuito eletrônico que corta a potência do motor quando a bike atinge 25km/h, uma exigência em países que já possuem legislação específica para o uso de e-bikes em ciclovias e ciclofaixas.

Quando completamente carregada (após três horas de carga), a bateria do Bimoz fornece uma autonomia de até 150km, dependendo do modo de assistência utilizado.

Bimoz

Sem engrenagens – Ao contrário dos motores elétricos de e-bikes comuns, o motor do Bimoz, em formato de disco, não possui engrenagens de transmissão. em seu lugar, um engenhoso sistema eletromagnético patenteado acopla-se diretamente ao eixo do pedivela.

Além de simplificar sua instalação – que leva apenas 20 minutos -, a solução utilizada diminui substancialmente o peso final e reduz também o nível de ruído, principalmente quando a bicicleta está sendo pedalada em modo totalmente manual (com o motor desligado).

Bimoz

Medição de esforço – Através da utilização de um aplicativo para smartphone, é possível informar ao controlador do Bimoz a quantidade de assistência elétrica necessária de acordo com o número de batimentos cardíacos do ciclista e até mesmo adicionar alguma resistência à pedalada, de forma a simular treinos de subida de montanha em treinos, por exemplo.

Bimoz

Para viabilizar sua produção, os desenvolvedores do Bimoz lançaram uma campanha de financiamento coletivo através do site de crowdfunding Indiegogo, onde o acessório pode ser adquirido por 899 dólares, mais despesas de envio e taxas.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização