29 de maio de 2024
Foto: CBC / Divulgação

Gideoni Monteiro supera primeiro teste no Campeonato Mundial de Ciclismo de Pista

Atleta da Seleção encerra primeiro dia na 16ª posição da Omnium. Competição segue neste sábado (5)

Gideoni Monteiro mostrou nesta sexta-feira (4) que está determinado e evoluindo bastante na Omnium, uma das provas mais complexas do ciclismo de pista. No Campeonato Mundial da modalidade, que está sendo disputado em Londres, na Inglaterra, o brasileiro está competindo contra grandes nomes do circuito mundial, como o multicampeão Mark Cavendish e Elia Viviane, entre outros. O brasileiro suportou bem a pressão e representou muito bem o Brasil no primeiro dos dois dias de provas.

“A Omnium é uma verdadeira batalha em cada prova. Hoje enfrentamos as três primeiras corridas do programa e estou confiante. Acredito que poderia ter terminado o dia ainda melhor na classificação se não tivesse caído na prova de Eliminação. Estava me sentindo muito bem e poderia somar pontos importantes, mas infelizmente o holandês acabou caindo na minha frente e foi inevitável. Foi um susto grande. Agora é descansar para estar bem nas provas finais de amanhã”, contou Gideoni.

Foto: CBC / Divulgação
Foto: CBC / Divulgação

Na Scratch, Gideoni viu os principais atletas do World Tour mostrarem seu talento e encerrou na 17a colocação. Na perseguição individual, o nível continuou intenso e o brasileiro terminou em 18o lugar. Já na prova de eliminação, que fechou o primeiro dia, Gideoni surpreendeu, mostrou bastante personalidade e chegou a ficar entre os líderes. Porém acabou caindo restando menos de dez voltas para o final, atrapalhando diretamente o seu desempenho. Mas com muita superação, voltou para a competição e conquistou a 9ª colocação. Com isso, o ciclista da Seleção Brasileira encerrou o primeiro dia de provas na 17ª posição, com 38 pontos. O líder é o italiano, campeão europeu, Elia Viviane, com 104 pontos.

“Foi um dia muito difícil. O nível das provas foram fortíssimo. No começo ele estava bem nervoso, mas fui conversando com ele, que foi focando, melhorando e na terceira prova poderia até ter conquistado um top 5, mas devido à queda não foi possível continuarmos na disputa até o final. Estou muito feliz em ver a evolução dele diante de atletas profissionais. Amanhã será um dia decisivo. Espero que nenhum imprevisto aconteça para entrarmos na pista focados apenas em fazer o nosso melhor”, comentou Emerson Silva, técnico da Seleção Srasileira.

Neste sábado (5), Gideoni volta a pista do velódromo olímpico de Londres para as provas de 1km contra-relógio, Flying Lap (volta lançada) e prova por pontos.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização