24 de abril de 2024
Frederico Mariano - Foto: Thiago Lemos / Pedal.com.br

Frederico Mariano é pódio no Short Track da Copa Internacional de MTB

Além do atleta de Uberaba (MG), outros dois ciclistas do Shimano Sports Team finalizaram a prova no top 5 do segundo dia da competição, o mineiro Daniel Grossi e o catarinense Ricardo Pscheidt

Os ciclistas do Shimano Sports Team foram os protagonistas deste sábado (5), na segunda de três provas para as super elites na Copa Internacional de Mountain Bike, em Araxá. No top 5 do masculino, a marca japonesa teve três representantes no pódio do Short Track (pista curta): Frederico Mariano, com o segundo lugar, Daniel Grossi, em quarto, e Ricardo Pscheidt, em quinto. Entre as mulheres, as atletas Shimano conquistaram outra vez os melhores resultados para o Brasil, com Raiza Goulão em sexto e Isabella Lacerda na oitava colocação.

Após adquirir confiança com a terceira colocação na prova de abertura da CIMTB, o uberabense Frederico Mariano (Caloi Elite Team) começou com tudo no Short Track. Passou à final como melhor classificado de sua bateria e ainda liderou o início da decisão. “Foi uma disputa dura e equilibrada, com intensidade do começo ao fim. Os estrangeiros vieram fortes, mas prevaleceu a força brasileira. Estou satisfeito com o resultado deste sábado. Vou com tudo na decisão, no domingo, para tentar administrar a diferença de tempo conquistada no short track, e poder terminar entre os primeiros da competição”, destacou Fred.

Daniel Grossi - Foto: Thiago Lemos / Pedal.com.br
Daniel Grossi – Foto: Thiago Lemos / Pedal.com.br

A vitória do Short Track na Super Elite Masculina ficou com o líder da competição após duas provas, o fluminense Henrique Avancini. A terceira colocação foi do português Davi Rosa, enquanto Daniel Grossi (Groove/Shimano) e Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) completaram as cinco primeiras posições. Também do Shimano Sports Team, Sherman Trezza (Caloi Elite Team) subiu no pódio, com o sétimo lugar.

Ricardo Pscheid - Foto: Thiago Lemos / Pedal.com.br
Ricardo Pscheid – Foto: Thiago Lemos / Pedal.com.br

No Feminino, o top 5 foi dominado pelas estrangeiras. Maja Wloszczowska, da Polônia, e Daniela Campuzano, do México, repetiram a dobradinha da sexta-feira. A novidade nas cinco primeiras posições ficou por conta da norte-americana Mary McConneloug, em terceiro, e da sérvia Jovana Crnogorac, em quinto. A argentina Agustina Apaza foi a quarta colocada. Sofia Subtil, da equipe Audax/Shimano, também conseguiu um bom resultado, ao terminar em décimo.

Isabella Lacerda - Foto: Thiago Lemos / Pedal.com.br
Isabella Lacerda – Foto: Thiago Lemos / Pedal.com.br

Após a prova, a atleta do Shimano Sports Team, Isabella Lacerda, avaliou seu resultado e as condições da disputa. “Esse ano o circuito do Short Track estava um pouco maior do que em 2015, com um espaço mais longo composto por grama. Assim, a chuva dos últimos dias deixou a área muito escorregadia. Tivemos que tomar muito cuidado e redobrar a atenção nas curvas, porque a pista ficou lisa demais. Foi uma prova de cautela, mas ao mesmo tempo de arriscar em determinados momentos. Fiz o meu melhor, foi difícil, mas estou feliz. Domingo teremos a decisão, com o cross country olímpico, e se tudo der certo conseguirei melhorar meu desempenho”, disse a mineira de Itaúna.

Raiza Goulão - Foto: Fabio Piva / Pivaphoto.com
Raiza Goulão – Foto: Fabio Piva / Pivaphoto.com

Formato de disputa – Classificada como Hors Class (SHC), a etapa de Araxá da Copa Internacional de MTB tem a maior pontuação do mountain bike nacional, ao ofertar 160 pontos aos campeões. No primeiro estágio, o contra-relógio (XCT), os ciclistas tiveram pela frente um circuito de 5,4 km, o mesmo que será utilizado no domingo (6) durante o cross country olímpico (XCO), a partir das 14h. Na manhã deste sábado (5), os atletas das Super Elites competiram o Short Track (pista curta). Os vencedores da competição serão conhecidos após a somatória dos tempos das três provas.

Resultados

Super Elite Masculina

  1. Henrique Avancini (Brasil) – 38min43seg031
  2. Frederico Nascimento (Caloi Elite Team) – 38min51seg163
  3. David Rosa (Portugal) – 38min53seg966
  4. Daniel Grossi (Groove/Shimano) – 39min02seg584
  5. Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) – 39min05seg748
  6. Lukas Kaufmann (Suíça) – 39min06seg663
  7. Sherman Trezza (Caloi Elite Team) – 39min12seg984
  8. Michal Lami (Eslováquia) – 39min22seg034
  9. Rubens Valeriano (Brasil) – 39min30seg537
  10. Todd Wells (EUA) – 39min33seg014

Super Elite Feminina

  1. Maja Wloszczowska (Polônia) – 38min32seg778
  2. Daniela Campuzano (México) – 39min01seg415
  3. Mary McConneloug (EUA) – 39min04seg891
  4. Agustina Apaza (Argentina) – 39min09seg703
  5. Jovana Crnogorac (Sérvia) – 39min22seg341
  6. Raiza Goulão (Specialized Racing BR) – 39min48seg273
  7. Nathalie Schneitter (Suíça) – 40min44seg084
  8. Isabella Lacerda (LM/Sense) – 40min56seg450
  9. Letícia Cândido (Brasil) – 42min13seg398
  10. Sofia Subtil (Audax/Shimano) – 42min42seg914

Tempos acumulados

Super Elite Masculina

  1. Henrique Avancini (Brasil) – 56min20seg399
  2. Frederico Mariano (Caloi Elite Team) – 56min52seg477
  3. Lukas Kaufmann – (Suíça) – 57min15seg593
  4. Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) – 57min16seg527
  5. Michal Lami (Eslováquia) – 57min25seg435
  6. David Rosa (Portugal) – 57min33seg527
  7. Sherman Trezza (Caloi Elite Team) – 57min34seg912
  8. Rubens Valeriano (Brasil) – 57min35seg860
  9. Catriel Soto (Argentina) – 57min36seg503
  10. Luiz Cocuzzi (Lar/Shimano/Scott) – 57min42seg578

Super Elite Feminina

  1. Maja Wloszczowska (Polônia) – 58min34seg139
  2. Daniela Campuzano (México) – 59min15seg190
  3. Agustina Apaza (Argentina) – 59min50seg677
  4. Mary McConneloug (EUA) – 1h00min26
  5. Raiza Goulão (Specialized Racing BR) -1h00min40
  6. Jovana Crnogorac (Sérvia) – 1h00min48
  7. Nathalie Schneitter (Suíça) – 1h01min56
  8. Isabella Lacerda (LM/Sense) – 1h02min04
  9. Letícia Cândido (Brasil) – 1h05min07
  10. Erika Gramiscelli (Brasil) – 1h05min27
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização