25 de abril de 2024
Raiza Goulão - Foto: Divulgação / Esporte na Foto

Quarteto Shimano Sports Team busca pontos no ranking da UCI neste fim de semana na Argentina

Raiza Goulão, Érick Bruske, Zé Gabriel Marques e Ricardo Pscheidt disputam o Abierto del NOA XCO valendo pontos nos rankings UCI

Os integrantes do Shimano Sports Team têm neste fim de semana mais um desafio do calendário internacional da UCI (União Ciclística Internacional). Raiza Goulão e Érick Bruske, ambos da Specialized Racing BR, equipe patrocinada pela Shimano, Zé Gabriel Marques (Audax/Shimano) e Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano), estão no norte da Argentina onde disputarão neste fim de semana o Abierto del Noa. A prova (classe 1) ofertará 60 pontos aos campeões das Elites Masculina e Feminina.

A disputa em San Miguel de Tucumán contará com alto nível de ciclistas argentinos e chilenos. O percurso terá 6,2 km, com altitudes entre 1.063 a 1.177 metros. As largadas, tanto para elite masculina quanto para a feminina, serão realizadas às 11h do domingo (28), no horário de Brasília. Mais experiente entre os quatro atletas Shimano, Ricardo Pscheidt avalia suas possibilidades na prova. “Vou em busca da melhor colocação possível, para somar pontos para os rankings UCI. Fiz uma boa base de treinos neste ano e estou me sentindo bem fisicamente. Minha expectativa é estar no pódio entre os três primeiros”, conta o catarinense de São Bento do Sul.

Ricardo Pscheidt - Foto: Bruno Fernandes / Noispedala
Ricardo Pscheidt – Foto: Bruno Fernandes / Noispedala

Companheiros de equipe, Raiza e Érick foram os primeiros a chegar em San Miguel de Tucumán, na quarta-feira (24), e já reconheceram o circuito. “Foi uma viagem bem longa, praticamente um dia inteiro viajando. Fizemos o reconhecimento, o Érick e eu, e a pista está legal. É um circuito bem técnico. Fiquei impressionada porque está muito bom. Conta com muitas subidas íngremes e será duro, pelas condições do traçado e pelas concorrentes. As argentinas Augustina Apaza e Noelia Rodriguez sempre estão bem e temos a expectativa de ter chilenas, pela proximidade entre os países”, avalia a goiana de Pirenópolis.

Érick Bruske - Foto: Divulgação / Esporte na Foto
Érick Bruske – Foto: Divulgação / Esporte na Foto

Apesar de valer pontuação nos rankings mundial e olímpico, Raiza sabe que deve se cuidar para o próximo desafio, na semana seguinte, a Copa Internacional de MTB. “Vou procurar me poupar, porque o foco é estar 100% na CIMTB, em Araxá, prova que valerá 160 pontos aos campeões. Assim, tomar cuidado com o equipamento e não me machucar é o mais importante”, destaca a goiana.

Disputa pelas vagas na Rio 2016 – Neste mês de fevereiro a CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) divulgou em seu site o critério de classificação para a Olimpíada do Rio de Janeiro na modalidade MTB. O Brasil terá direito a uma vaga no masculino e uma no feminino como país-sede do evento. Os convocados, de acordo com comunicado oficial da entidade, serão aqueles que mais pontuarem entre entre 25 de maio de 2014 a 24 de maio de 2016. Na última atualização, de 31 de dezembro de 2015, Henrique Avancini e Raiza Goulão aparecem na frente, com 1.331 e 1.403 pontos, respectivamente. Entre os homens, Rubinho Valeriano e Ricardo Pscheidt são os principais concorrentes, com 612 e 490 pontos. No feminino, Isabella Lacerda é a segunda, com 1.178, e Erika Gramiscelli a terceira, com 704.

Meeting de Verão – O catarinense de Ibirama Lucas Borba, da equipe Audax/Shimano, terá neste fim de semana sua primeira competição valendo pontos para o ranking nacional de downhill. A disputa será em Balneário Camboriú (SC), no Parque Unipraias, na praia das Laranjeiras. A qualificatória está marcada para 10h da manhã do domingo e a final para as 14h. A largada será a 237 metros acima do nível do mar e a pista terá um percurso de 1.410 metros. O local traz boas lembranças para Luquinhas, que em 2014 conquistou lá o título da etapa brasileira do Open Shimano Latam.

Funvic Soul Cycles & Carrefour – A equipe de São José dos Campos, patrocinada pela Shimano, segue sua temporada de provas no exterior. Após três competições seguidas na Espanha, os comandados do técnico Benedito Tadeu, o Kid, estão na Malásia para o Tour de Langkawi. Na terceira de oito etapas da competição, com total de 1.180 km a serem pedalados, o mato-grossense-do-sul João Marcelo Gaspar foi destaque. Gaspar venceu um prêmio de montanha e duas metas volantes, além de ter conquistado terceiro lugar na última passagem de montanha e segundo em outra meta volante.

João Marcelo Gaspar subiu no pódio na Malásia - Foto: Divulgação
João Marcelo Gaspar subiu no pódio na Malásia – Foto: Divulgação

Pelo seu desempenho, o ciclista subiu ao pódio em Kuala Kangsar como o mais combativo deste terceiro dia de competição. Após os feitos desta sexta-feira (26), o atleta brasileiro está em oitavo lugar na competição por pontos, com 13 somados, dentre 30 pontuadores. João Marcelo é ainda o quarto colocado na competição de montanha, com cinco pontos. Na disputa por equipes, a Funvic Soul Cycles & Carrefour é a 15ª colocada, com 2min40 atrás da líder One Pro Cycling (32h07min30).

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização