26 de maio de 2024
Seleção Brasileira Feminina de Ciclismo de Estrada - Foto: Maximiliano Blanco / CBC

Seleção Feminina de Ciclismo de Estrada encerra participação no Tour de San Luis 2016

Americana Katharine Hall garante o título da 3ª edição da prova. Time Brasileiro finaliza entre as 12 melhores equipes do continente

A grande final do Tour de San Luis 2016, disputada nesta sexta-feira (15), foi de arrepiar. O percurso rápido, com 17 quilômetros de estrada mais quatro voltas de 15,2 km na cidade do centro-oeste argentino, rendeu uma disputa muito acirrada e emocionante pelo título da terceira edição da prova.

A cubana Arlenis Sierra e a polonesa Malgorzata Jasinska travaram uma grande disputa pelo pódio e ainda contaram com a sorte de ver a líder Katharine Hall, dos Estados Unidos, em um dia não muito bom. Mas, mesmo terminando a sexta etapa na 21ª posição, a norte-americana garantiu o título da competição, encerrando as seis etapas em 13h56min45. Sierra foi a vencedora do circuito final em San Luis (1h57min21) e acabou em terceiro lugar na classificação geral individual. Jasinska terminou em segundo lugar na geral. Entre as equipes, festa paras as italianas da Ale Cipollini (41h55min04).

Clemilda Fernandes - Foto: Maximiliano Blanco / CBC
Clemilda Fernandes – Foto: Maximiliano Blanco / CBC

A Seleção Brasileira, formada pelas Sargentos da Força Aérea Brasileira (FAB) Ana Paula Polegatch, Camila Coelho, Flávia Oliveira, Clemilda Fernandes e Janildes Fernandes, chegou à final sem a Flávia, que abandonou após ter uma infecção intestinal, e bastante desgastada após uma semana de provas muito fortes, mas lutou com muita garra e conseguiu colocar o país entre as 12 melhores equipes do continente (42h12min44). Clemilda Fernandes, mesmo enfrentando um pneu furado, foi a melhor da seleção na última etapa, alcançando o 38º lugar e terminando no mesmo grupo da campeã. Na classificação geral individual a seleção brasileira ficou da seguinte forma: Camila Coelho terminou em 39º lugar, Clemilda Fernandes em 44º, Janildes Fernandes em 63º e Ana Paula Polegatch em 93º. A comissão técnica foi formada pela dirigente Tenente da FAB Renata Gavinho, o mecânico Pablo Sani e o fisioterapeuta Jivago Salinet.

Seleção Brasileira - Foto: Maximiliano Blanco / CBC
Seleção Brasileira – Foto: Maximiliano Blanco / CBC

“Elas foram verdadeiras guerreiras, lutaram até o último segundo por uma boa colocação e representaram muito bem o Brasil. Todas evoluíram bastante nesses seis dias de prova e essa troca de experiências certamente as ajudará a cumprir as próximas metas da temporada. É importante também destacar que mesmo não conquistando o tão almejado bicampeonato, o grupo permaneceu unido até o fim, sabendo que tem capacidade para ser ainda melhor. A equipe inteira está de parabéns, inclusive a nossa comissão técnica que trabalhou muito para que tudo pudesse dar certo”, avaliou a Tenente da FAB Renata Gavinho, que está dirigindo a equipe brasileira na Argentina.

O Brasil também foi representado na competição pela ciclista Luciene Ferreira, que terminou a 6ª etapa em 6º lugar e ajudou a equipe argentina Weber/Shimano, a conquistar a terceira colocação geral entre as equipes, e pela equipe Funvic, que terminou na 15ª colocação entre os times graças à Daniela Lionço, que também é Sargento da FAB, 16ª colocada na última etapa e 12ª na classificação geral individual.

No dia 17 de janeiro tem início a edição masculina do Tour de San Luis, com a presença de 7 equipes do World Tour e a Seleção Brasileira masculina de ciclismo de estrada também confirmada na disputa.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização