29 de maio de 2024
Obras do Velódromo Olímpico do Rio - Foto: Prefeitura do Rio / Renato Sette Camara

Rio-2016: Atraso em obra do velódromo adia evento-teste do Ciclismo de Pista

Originalmente marcada para março, competição deverá ser realizada entre abril e maio, devido à atrasos na instalação da pista. Expectativa inicial era que o local tivesse sido entregue no fim de 2015

Uma das obras mais atrasadas no cronograma dos Jogos Olímpicos Rio-2016, o velódromo que será palco das disputas no ciclismo de pista olímpico e paralímpico terá estreia adiada.

De acordo com um comunicado emitido nesta última sexta-feira (15), o  Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016 alterou a data do evento-teste do Ciclismo de Pista para o período entre entre 29 de abril e 1º de maio devido à atrasos na instalação da nova pista do velódromo. Originalmente, a competição estava marcada para março.

“O Rio 2016 e a União Ciclística Internacional (UCI) esperam realizar um evento-teste emocionante e vão continuar trabalhando juntos na preparação e no planejamento das competições. Não haverá impacto no cronograma dos Jogos: as disputas no ciclismo de pista olímpico serão realizadas entre 11 e 16 de agosto, e as do ciclismo de pista paralímpico entre 8 e 11 de setembro”, diz o comunicado.

O Parque Olimpico da Barra em fase avançada de construção, com a Arena do Futuro à frente da Arena Carioca 1, 2 e 3. Ao fundo, o Velódromo Olímpico do Rio e, à direita, o Centro Olímpico de Tênis - Foto: André Motta / Brasil 2016
O Parque Olimpico da Barra em fase avançada de construção, com a Arena do Futuro à frente da Arena Carioca 1, 2 e 3. Ao fundo, o Velódromo Olímpico do Rio e, à direita, o Centro Olímpico de Tênis – Foto: André Motta / Brasil 2016

Atualmente, apenas 76% das obras do velódromo estão concluídas. A construção, localizada no Parque Olímpico na Barra da Tijuca, recebeu uma verba adicional de R$ 24,8 milhões em dezembro, o que elevou o seu custo total para R$ 143,6 milhões. Os recursos são do Governo Federal, com execução da Prefeitura do Rio.

A previsão é que a pista de madeira do velódromo comece a ser montada no local em fevereiro. Vale lembrar que a expectativa inicial era que o local tivesse sido entregue no fim de 2015.

O velódromo faz parte das instalações do Parque Olímpico da Barra e é uma das obras mais atrasadas no cronograma de preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização