22 de abril de 2024
Foto: Luiz Costa / SMCS

Ciclistas de Curitiba recebem orientação para melhorar a convivência nas ruas

Agentes de trânsito distribuíram o Guia do Ciclista da Prefeitura de Curitiba e materiais refletivos para serem utilizados à noite

A Coordenação de Mobilidade Urbana da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) da cidade de Curitiba (PR) organizou nesta quarta-feira (23) uma orientação aos ciclistas que circulam pela região central da cidade.

Coordenação de Mobilidade da Setran faz operação de conscientização a ciclistas - Foto: Luiz Costa / SMCS
Coordenação de Mobilidade da Setran faz operação de conscientização a ciclistas – Foto: Luiz Costa / SMCS

Os agentes de trânsito distribuíram o Guia do Ciclista da Prefeitura de Curitiba e materiais refletivos para serem utilizados à noite. Também orientaram os ciclistas para não pedalem pelo calçadão da via, respeitando os pedestres. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o ciclistas devem conduzir suas bicicletas desmontados quando trafegarem por calçadas e calçadões.

Coordenação de Mobilidade da Setran faz operação de conscientização a ciclistas - Foto: Luiz Costa / SMCS
Coordenação de Mobilidade da Setran faz operação de conscientização a ciclistas – Foto: Luiz Costa / SMCS

“Os ciclistas têm também deveres no trânsito. Nesta época de fim de ano, com o aumento de pessoas nas ruas, estamos intensificando nossas ações e atuando diariamente para termos uma melhor convivência entre pedestres, ciclistas e motoristas no trânsito”, diz o coordenador de mobilidade urbana da Setran, Gustavo Garrett.

O protético Renato dos Reis Serrano estava corretamente andando desmontado de sua bicicleta enquanto foi abordado pelos agentes. Ele aprovou a orientação dos ciclistas feita pela Setran. “Não adianta andarmos com pressa, pois temos muita gente andando pela rua. Se pedalarmos nessa situação, poderemos machucar alguém. Temos todos que nos respeitar no trânsito”, afirma ele, que sempre utiliza a bicicleta em seus deslocamentos.

Coordenação de Mobilidade da Setran faz operação de conscientização a ciclistas - Foto: Luiz Costa / SMCS
Coordenação de Mobilidade da Setran faz operação de conscientização a ciclistas – Foto: Luiz Costa / SMCS

A Prefeitura tem desenvolvido diversos projetos de incentivo ao modal, como a implantação de novas estruturas cicloviárias, e muitas pessoas têm optado pela bicicleta para fazer seus deslocamentos na cidade, seja para se dirigir ao trabalho ou para realizar atividades físicas e de lazer.

Segundo a Setran, para que a bicicleta seja mais reconhecida e respeitada como meio de transporte, é necessário que os ciclistas também tenham boas atitudes no trânsito, cooperando para um compartilhamento mais harmônico do trânsito nas vias da capital.

Coordenação de Mobilidade da Setran faz operação de conscientização a ciclistas - Foto: Luiz Costa / SMCS
Coordenação de Mobilidade da Setran faz operação de conscientização a ciclistas – Foto: Luiz Costa / SMCS

Gustavo Garrett, e Jorge Brand, o Goura, assessor da Coordenação de Mobilidade Urbana da Setran, percorreram algumas ruas da área central e apontaram alguns dos erros mais comuns que os ciclistas têm cometido ao transitar pelas ruas de Curitiba.

Erros mais comuns

Andar nas canaletas e faixas exclusivas destinadas ao transporte coletivo – Por não terem um trânsito tão intenso quanto o das ruas normais, as canaletas geram uma falsa sensação de segurança. Mas, ao circular por elas, o ciclista pode sofrer acidentes fatais, pelo tamanho e peso dos veículos envolvidos.

“Nas canaletas, temos ultrapassagens de ônibus por causa dos desalinhamentos e o ciclista pode não ter uma visibilidade ampliada do que acontece na via e ficar vulnerável a acidentes. Nas faixas exclusivas, os ônibus desenvolvem uma velocidade constante e relevante, o que causa uma incompatibilidade com os ciclistas, que trafegam em velocidade menor”, destaca Garrett. Ele lembra ainda que, pela proibição de circulação nas canaletas e faixas exclusivas, caso haja um acidente de trânsito, o ciclista não terá direitos adquiridos nesses locais.

Circular na faixa errada – Nas regiões em que não há estruturas cicloviárias específicas, o ciclista deve sempre pedalar pela faixa da direita nas ruas de circulação normal – um direito previsto no Código de Trânsito Brasileiro, que indica que os carros devem manter sempre uma distância de 1,5 metro das bicicletas na via.

O ciclista deve sempre sinalizar sua direção e andar pelo fluxo correto da rua, nunca na contramão. “Um ciclista na via equivale a qualquer veículo automotor, sendo obrigado a respeitar as sinalizações, os semáforos, as faixas de pedestres, tudo para que haja harmonia entre todos os veículos circulando na via e de forma segura. Os motoristas precisam saber para onde o ciclista pretende se deslocar. Por isso, ao sinalizar suas intenções com gestos, ele amplia sua visibilidade na via”, diz Goura.

Pedalar nas calçadas – não é permitido, pois esses locais são destinados aos pedestres. “Há regulamentações e decretos municipais e também o Código de Trânsito Brasileiro destacando que a circulação em calçadas e calçadões é de prioridade dos pedestres. Nesses locais, o ciclista não poderá pedalar e deverá andar desmontado da bicicleta. Só é permitido a utilização da bicicleta na calçada se há alguma sinalização indicando compartilhamento da via por pedestres e ciclistas”, explica Garrett.

Pedalar com fones de ouvido – Muito utilizado nos dias atuais, os fones de ouvidos e os telefones celulares tiram a atenção dos ciclistas e podem causar muitos acidentes. “Um elemento básico no trânsito é ter segurança e firmeza sobre seus atos. E a utilização de fones de ouvido e do celular no trânsito é extremamente prejudicial à segurança na via. Você não consegue ter a devida atenção no trânsito se estiver utilizando qualquer tipo de aparelho que te distraia”, lembra Goura.

Guia do Ciclista

Outras dicas de bom comportamento na via podem ser encontradas no Guia do Ciclista da Setran, que está sendo entregue em bicicletarias e empresas que estimulam a utilização bicicletas, e também em todas as abordagens educativas da Setran nas escolas da rede municipal e nas ruas da cidade. O PDF do material também está disponível no portal Mais Bici da Prefeitura de Curitiba.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização