4 de março de 2024

Carogna, a fita adesiva que facilita a montagem de pneus tubulares

Effetto Mariposa Carogna reduz o tempo de montagem para menos de 10 minutos, de forma limpa e com o mesmo poder de adesivagem das colas comuns

Embora pouco utilizados no mountain bike, os pneus do tipo tubulares são os preferidos por muitos atletas profissionais de estrada, especialmente em provas de triathlon e provas de contra-relógio, além de ser presença quase obrigatória em competições de velódromo.

Embora o pneu tubular possua inúmeras vantagens sobre os tradicionais clinchers, como maior conforto e resistência a furos, a operação de montagem nas rodas é demorada, difícil e muitas vezes frustrantes.

Para facilitar a vida dos ciclistas e dos mecânicos a marca italiana Effetto Mariposa lança no mercado a Carogna (pronuncia-se Caronha), uma fita adesiva dupla face que substitui com inúmeras vantagens as tradicionais colas de contato utilizadas na montagem tubulares.

Effetto Mariposa Carogna

Ao contrário de outros modelos de fitas específicas para montagem de tubulares, a Carogna possui um adesivo em sua formulação que é ativado por pressão, impedindo que o pneu se descole do aro. Além disso, ela é compatível com aros de alumínio e carbono e, caso necessário pode ser removida sem o auxílio de solventes, sem deixar resíduos no aro.

A instalação da Corogna é extremamente simples e pode ser realizada em apenas 10 minutos, mesmo por pessoas sem muita experiência. Recomenda-se a instalação a partir de um pneu novo e uma roda com sua superfície de contato totalmente limpa, sem resíduos de cola.

A fita é adesivada no aro a partir do orifício da válvula, mantendo a fita externa de proteção na cor rosa. Ao finalizar a instalação, um pedaço da fita protetora é retirada e deixada para o lado, para facilitar sua posterior remoção:

Foto: Gear Junkie
Foto: Gear Junkie

Em seguida, o pneu tubular é encaixado sobre a fita:

Foto: Gear Junkie
Foto: Gear Junkie

Após a instalação, o pneu é inflado a 30psi para que possa ser alinhado corretamente na roda, tarefa que costuma ser extremamente difícil em montagens com cola comum, já que esta gruda imediatamente no pneu. No caso da Corogna, como a fita de proteção ainda não foi retirada, o pneu desliza facilmente:

Foto: <a href="http://gearjunkie.com" target="_blank">Gear Junkie</a>
Foto: Gear Junkie

Após este ajuste, o pneu é novamente inflado, desta vez em sua pressão normal de trabalho:

Foto: <a href="http://gearjunkie.com" target="_blank">Gear Junkie</a>
Foto: Gear Junkie

Para finalizar, basta puxar a ponta da fita protetora que havia ficado para fora do aro. A fita é resistente o suficiente para ser puxada com força sem arrebentar. O resultado é uma montagem limpa, sem resíduos de cola saindo pelas bordas do aro.

Após a instalação, a Effetto Mariposa recomenda que a roda fique em descanso por pelo menos oito horas, para que o adesivo da fita, que é ativado por pressão, adquira seu máximo poder de adesivagem (No caso de tubulares montados com cola, esta espera pode ser de vários dias).

A fita adesiva Effetto Mariposa Carogna é oferecida nas medidas S (16,5mm de largura), SM (20mm) e M (25mm), em kits por roda (97 reais cada) ou em rolos de 16 metros, para até oito rodas (569 reais).

No Brasil, a Effetto Mariposa é distribuída exclusivamente pela La Bici.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização