25 de abril de 2024
Geraldo Piquet e Marcelo Pincinato 0 Foto: Sportograf / Divulgação

Ultramaratona Brasil Ride une campeões do MTB às estrelas do automobilismo nacional

Competição contará com atletas de 18 países e três continentes – América, Europa e África – e terá a presença de representantes das famílias Fittipaldi e Piquet, tradicionais no automobilismo do país

Faltando dez dias para a realização da Brasil Ride, entre 17 e 24 de outubro, na Chapada Diamantina (Bahia), 18 países estão confirmados na sexta edição da principal ultramaratona de MTB das Américas. Entre os cerca de 500 inscritos na prova, com sedes nos municípios de Mucugê e Rio de Contas, estão confirmados nomes de destaque do MTB mundial, como Bart Brentjens (HOL), medalha de ouro em Atlanta 1996, o alemão Matthias Leisling, campeão de uma das mais difíceis ultramaratonas do mundo, a Salzkammergut Trophy, além de outros ciclistas estrangeiros já vencedores do evento, como Hans Becking (HOL), Jiri Novak (REP), Luís Leão Pinto (POR), Nina Baum (EUA) e Ivonne Kraft (ALE).

Bart Brentjens e Abraão Azevedo - Foto: Alexandre Cappi / Brasil Ride
Bart Brentjens e Abraão Azevedo – Foto: Alexandre Cappi / Brasil Ride

Entre os brasileiros, participam da competição campeões nacionais de MTB Cross Country Olímpico e Maratona, como Abraão Azevedo, Henrique Avancini, Ricardo Pscheidt, Frederico Mariano, Halysson Ferreira, dentre outros no masculino, e as mulheres Isabella Lacerda, Raiza Goulão e Viviane Favery. Eles brigarão de igual para igual com os estrangeiros pelos títulos das mais variadas categorias da Brasil Ride.

Além desses atletas de alta performance, a prova contará com estrelas do esporte brasileiro, como Christian Fittipaldi e Geraldo Piquet, ambos pilotos do automobilismo. Enquanto Fittipaldi competirá na master com o ciclista Odair Pereira, pela equipe Scott Fittipaldi, Piquet estará na open, junto de Guilherme Tom Faria, na Piquet Sports. “Os Piquet gostam de esportes a motor, sendo carro ou moto. Por enquanto, sou o único que pegou firme no ciclismo. Mas, nessa vida sempre serei um amador no esporte. É um hobby e não profissão, ao contrário do automobilismo na família”, destaca Geraldo Piquet.

Christian Fittipaldi e Odair Pereira - Foto: Divulgação
Christian Fittipaldi e Odair Pereira – Foto: Divulgação

Esta será a terceira participação de Piquet, após disputar a prova nos dois últimos anos. “Em 2013 fiz uma loucura. Comecei a treinar em janeiro para competir em outubro e documentei tudo. Quem quiser, pode assistir no youtube, o ‘De Zero a 600’. Minha dupla foi o Henrique Andrade. Na segunda vez, sabia o tamanho da encrenca e estava um pouco melhor fisicamente. Porém, a temperatura da segunda etapa pegou todos de surpresa, foi o pior dia como atleta da minha vida. Só consegui completar por causa do meu parceiro, Marcelo Maminha. Para este ano vou mais preparado fisicamente e com uma dupla nova. Acho que andarei bem, comparado aos dois primeiros anos”, avalia Geraldo.

Único piloto brasileiro a disputar provas da Formula 1, Champ Car e NASCAR Winston Cup, três das principais categorias do automobilismo mundial, além da Fórmula Indy, Fittipaldi conta sua expectativa para a Brasil Ride. “Esse ano vai ser a nossa terceira vez juntos, Odair e eu, mas a primeira na categoria máster. Acho que o fato de pedalarmos juntos é um ponto a nosso favor. A gente já se conhece e sabemos os pontos mais difíceis, onde dá para ousar um pouco mais, dosar a força ou acelerar. Até para lidar com situações como o calor forte é melhor. Estamos confiantes para fazer um bom resultado”.

Países confirmados – O desafio de encarar cerca de 600 km pedalados e 13.000 metros de ascensão nos sete dias seguidos da Brasil Ride, será enfrentado neste ano por atletas de 18 países e três continentes – América, Europa e África. Os países são: África do Sul, Alemanha, Argentina, Áustria, Bélgica, Brasil, Costa Rica, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Holanda, Portugal, República Tcheca, Suécia, Suíça e Uruguai. Entre os voluntários para trabalhar na ultramaratona, mais quatro países, além do Brasil, estarão representados: Costa Rica, Estados Unidos, Holanda e Paraguai.

Disputada sempre em duplas, a Brasil Ride terá sete categorias: open, feminino, mista, máster (nenhum atleta com menos de 40 anos), grand máster (nenhum atleta com menos de 50 anos), nelore (acima de 90 kg) e corporativa (categoria com três integrantes). Contará ainda com as camisas especiais para melhor equipe de homens e mulheres do continente Americano.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização