25 de abril de 2024
Governador Rodrigo Rollemberg - Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil

Para pagar dívidas, GDF ameaça cortar verba de ciclovias

Atolado em dívidas e com a arrecadação insuficiente, o Governo do Distrito Federal (GDF) ameaça cortar as verbas para a construção de ciclovias no Setor Água Quente, comunidade situada entre a cidade-satélite de Samambaia e o município de Santo Antônio do Descoberto (GO).

Com uma população de aproximadamente 30 mil habitantes, a maioria de baixa renda, o principal meio de transporte desses moradores é justamente a bicicleta.

De acordo com o blog QuidNovi, a mudança de destinação da verba de R$ 135 mil das obras das ciclovias da região será redirecionada à manutenção do Estádio Nacional Mané Garrincha, obra que até agora já consumiu dos cofres públicos R$ 1,6 bilhão.

Distritais irritados – Com poucas horas de gestação, a proposta de redirecionamento corre sério risco de não passar na Câmara Legislativa. “Inadmissível!”, comentou o deputado Wellington Luiz (PMDB). “Principalmente, quando você tira de comunidade carente. Vou olhar isto com muita atenção. O Parlamento tem o dever de reagir”, concluiu.

Seu colega de Parlamento, Ricardo Vale (PT) também criticou a proposta do governo. “Isso é um absurdo” Só pode ser engano. Não posso acreditar que (o governador) Rollemberg cogite prejudicar desta maneira uma comunidade que usa muito a bicicleta para se locomover. Isso mostra que o governo está completamente quebrado”, diz o deputado.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização