12 de abril de 2024

Donkey Republic, o ‘Uber’ das bicicletas, é testado em Copenhagen

Capital dinamarquesa testa sistema que permite a ciclistas alugarem bicicletas de outros usuários, por meio de um aplicativo no celular

A cidade de Copenhagen deu início um novo serviço de compartilhamento de bicicletas remunerado. Criado por uma startup dinamarquesa, a rede Donkey Republic utiliza o aplicativo AirDonkey para permitir que as pessoas possam alugar, via Internet, bicicletas de proprietários particulares.

AirDonkeyMisto de Uber com Airbnb – o site para aluguel de cômodos em residências –, o Donkey Republic utiliza uma rede de cadastro de donos de bicicletas espalhados por diferentes cidades do mundo que tenham em comum o interesse em emprestar suas bicicletas a outros usuários mediante um pequeno aluguel.

Rede mundial – Tanto Copenhagen, onde o aplicativo já começa a ser testado, quanto Londres, onde o serviço estará disponível em breve, já possuem bicicletas à disposição dos cidadãos para serem alugadas – mas trata-se de uma ação coordenada pelas administrações municipais. A grande vantagem do serviço é a maior disponibilidade e variedade de modelos a serem escolhidos, como bicicletas infantis e cargueiras, por exemplo. Além disso, como o plano da Donkey Republic é tornar-se uma rede global, o aplicativo permitirá futuramente que os usuários possam alugar facilmente bicicletas em diferentes cidades do mundo, inclusive naquelas onde esse tipo de serviço não é oferecido pela administração local ou por empresas.

Para participar do sistema, os donos de bicicleta precisam adquirir um kit que inclui uma etiqueta de marcação – para indicar que a bicicleta faz parte do Donkey Republic – e uma trava especial ,que pode ser liberada por assinantes do programa mediante o pagamento do aluguel, realizado online. O custo total do kit é de 80 euros (cerca de 350 reais) e os proprietários das bicicletas têm a responsabilidade de deixá-la estacionada em um ponto de fácil acesso. Assim, quando as bicicletas não estiverem sendo utilizadas por seus donos, podem facilmente ser retiradas e utilizadas por outras pessoas participantes do programa.

Assim como no aplicativo do Uber, os usuários podem checar, online, qual o local mais próximo onde as bicicletas para aluguel estarão disponíveis. A diferença é que, ao invés de esperar pelo motorista, será preciso locomover-se até um dos pontos de retirada.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização