28 de fevereiro de 2024
Henrique Avancini dominou o Short Track - Foto: Rodrigo Philipps / Shimano

Shimano Fest: Henrique Avancini e Isabella Lacerda vencem o Short Track

Prova valendo pelo ranking da UCI foi destaque do segundo dia do Festival, no Jockey Club de São Paulo. Evento reuniu 15 mil pessoas no final de semana

O Jockey Club de São Paulo recebeu neste domingo (13) o segundo dia do Shimano Fest 2015, maior evento de bike e pesca da América Latina, com diversas atrações para todas as idades. O destaque foi a decisão do Short Track, prova de MTB em pista curta, válida pelos rankings internacionais e vencida pelos ciclistas Henrique Avancini (Cannondale) e Isabella lacerda (LM/Shimano). Com entrada gratuita, cerca de 15 mil pessoas puderam conhecer as novidades do mercado, interagir com atletas e participar das atividades programadas, como shows e apresentações de diversas modalidades da bike.

Largada do Short Track - Foto: Rodrigo Philipps / Shimano
Largada do Short Track – Foto: Rodrigo Philipps / Shimano

Na final masculina do Short Track, Henrique Avancini conseguiu impor seu ritmo e garantir a vitória depois de disputar a liderança nas primeiras voltas com Sherman Trezza (Caloi/Shimano). “Tem dez anos que conheço o Sherman e competimos juntos. Nas primeiras voltas apenas analisei os locais onde ele tinha melhor e pior desempenho, até lançar um ataque em um ponto estratégico desfavorável a ele na quarta volta. A partir desse momento procurei não deixar ele aproximar-se de mim, administrando até o final. Estou muito feliz de ter participado deste evento e principalmente de sair com essa vitória”, comemorou Avancini. Sherman, Guilherme Muller (LM/Bike), Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano) e Daniel Grossi (Groove/Shimano) completaram o pódio.

Pódio masculino do Short Track - Foto: Rodrigo Philipps / Shimano
Pódio masculino do Short Track – Foto: Rodrigo Philipps / Shimano

Número 1 do Brasil nos rankings internacionais e principal favorito para representar o País na Olimpíada Rio 2016, Avancini elogiou a ideia do evento em um local tradicional da maior cidade brasileira. “Acho fantástico trazer uma prova do calendário internacional para São Paulo. É uma iniciativa muito boa da Shimano que merece o reconhecimento. Esse formato de pista curta aproxima demais o público dos atletas. Fica até mais fácil fazer força. E o clima de festival é ótimo, não só para nós ciclistas profissionais, mas também para difundir a cultura da bicicleta”, afirmou o atleta de Petrópolis (RJ).

Isabella Lacerda - Foto: Rodrigo Philipps / Shimano
Isabella Lacerda – Foto: Rodrigo Philipps / Shimano

Entre as mulheres, Isabella Lacerda mostrou estar um degrau acima das concorrentes na competição e venceu com larga vantagem. “Vim para fazer força e ganhar a prova, independente da vantagem para as rivais. Muito legal ganhar o Shimano Fest porque é um evento organizado pelo meu principal patrocinador. Tem um gosto especial vencer aqui. Durante a prova me avisaram a diferença para segunda e terceira colocadas, mas não consigo tirar o pé. Só sei parar de me esforçar quando chego na linha de chegada e foi o que fiz.” disse Isabella. Completaram o pódio Jaqueline Borba (Lar/Scott/Shimano), Erika Gramiscelli (Soul Cycles), Karen Olimpio (Oggi/Shimano) e Patrícia Assis (Lar/Scott/Shimano).

Pódio feminino do Short Track - Foto: Rodrigo Philipps / Shimano
Pódio feminino do Short Track – Foto: Rodrigo Philipps / Shimano

Em ciclo olímpico, Isabella já teve até o momento 25 dias de provas em 2015, enquanto na temporada passada foram 20 disputas no ano todo. “Essa temporada tem sido muito difícil porque são muitos campeonatos. Cheguei do Mundial essa semana e infelizmente não obtive o resultado que queria em Andorra”, admitiu.

Classificação do Short Track:

Super Elite masculina:

  1. Henrique Avancini 31min13471 – 12 voltas
  2. Sherman Trezza 31min27seg667 – 12 voltas
  3. Guilherme Muller – 31min36seg707 – 12 voltas
  4. Ricardo Pscheidt – 32min09seg695 – 12 voltas
  5. Daniel Grossi – 32min16seg876 – 12 voltas

Super Elite feminina:

  1. Isabella Lacerda – 33min24seg716 – 11 voltas
  2. Jaqueline Borba – 33min36seg313 – 10 voltas
  3. Erika Gramiscelli – 33min36seg378 – 10 voltas
  4. Karen Olimpio – 23min55seg154 – 7 voltas
  5. Patrícia Assis – 23min55seg818 – 7 voltas

Atrações da tarde – Enquanto os ciclistas profissionais davam seu show nas pistas, fora dela não faltaram atrações culturais. A banda Sinfonia Rock abriu a tarde com música para animar o público, seguida do show de Taiko, tradicional da cultura japonesa. Competição de bike polo e apresentações do bike trial, com o bicampeão brasileiro Diego Vaz, também chamaram atenção do público. As crianças tiveram espaço na pista pump track, na área do “tira rodinha” e brincaram o dia inteiro, sem parar.

Banda Sinfonia Rock - Foto: Rodrigo Philipps / Shimano
Banda Sinfonia Rock – Foto: Rodrigo Philipps / Shimano

Balanço da organização – Ao final da sexta edição do Shimano Fest, a organização não escondeu a satisfação de realizar mais uma vez o evento, com gratuidade para público e expositores, pela primeira vez em São Paulo. “Realizar o Shimano Fest em São Paulo foi um grande desafio, porque trazer uma estrutura desse porte para uma cidade deste tamanho de forma inédita não é nada fácil. Sempre fizemos no interior do Estado e dessa vez achamos que era o momento, com ciclofaixa, ciclovias e diversas vertentes em alta como MTB, bike fixa, BMX Dirt Jump e Ciclocross, e nada melhor do que reunir todos esses grupos em um mesmo evento”, avaliou Rogério Tancredi, gerente de marketing da Shimano Latin America.

Show de Bike Trial - Foto: Rodrigo Philipps / Shimano
Show de Bike Trial – Foto: Rodrigo Philipps / Shimano

“Mesmo com o tempo nublado, o público compareceu principalmente neste domingo. Superou nossa expectativa este segundo dia, em que tivemos uma prova muito bonita de Cross Country Olímpico (XCO). Tivemos uma competição de Ciclocross, rendendo também muita alegria para participantes e espectadores. Ficamos contentes com a presença das várias tribos que compõem o universo da bike, sendo apresentadas para muitas pessoas que nunca tiveram contato com essas modalidades”, completou Tancredi.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização