12 de abril de 2024
Renato Rezende no Time Trial - Foto: Maximiliano Blanco / CBC

Brasileiros avançam para as fases finais da Copa do Mundo de BMX Supercross

Primeira fase classificatória foi disputada neste sábado (5). Quarta etapa está sendo disputada em Santiago del Estero, na Argentina

Os principais pilotos do BMX mundial estão na Argentina, disputando a quarta etapa da Copa do Mundo de BMX Supercross. Neste sábado, 5 de setembro, foi realizada a primeira fase classificatória, que qualifica os melhores tempos para disputar as etapas finais neste domingo (6). A seleção brasileira conseguiu classificar os pilotos Anderson Ezequiel e Rogerio Reis, além de Renato Rezende, que já tinha a sua participação garantida nas oitavas de final devido ao seu desempenho geral na Copa do Mundo.

“A equipe teve um dia bastante positivo. Fizemos uma fase classificatória bastante regular, colocando todos os atletas da seleção nas fases finais, que serão disputadas amanhã. Estamos confiantes, e agora é ajustar alguns pequenos detalhes para entrar com tudo nas provas finais”, declarou Guilherme Pussieldi.

A primeira fase classificatória foi uma disputa acirrada do início ao fim. Ao todo, na Elite masculino, foram classificados os 48 melhores tempos entre 95 competidores. Esses pilotos se juntam aos 16 primeiros do ranking geral da Copa do Mundo, que já passam automaticamente para a próxima fase, sem necessidade de disputar a primeira classificatória. No feminino, foram classificadas as 24 mais rápidas, entre 34 atletas. O Brasil contará na próxima fase com as atletas Priscilla Carnaval e Bianca Quinalha. As oito melhores do ranking tem presença garantida nas fases finais.

Os pilotos classificados automaticamente para as fases finais ainda ganham o direito de disputar a prova Time Trial, que tem como principal característica a largada individual dos pilotos, vencendo aquele atleta que marcar o menor tempo. No masculino o título ficou com o americano Connor Fields, cravando 31s430 e fazendo a volta mais rápida do dia. O brasileiro Renato Rezende terminou na 14ª colocação. Na disputa feminina, Mariana Pajon foi a melhor, completando o percurso em 34s456.

Os primeiros colocados da prova Time Trial receberam a premiação das mãos do presidente da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), José Luiz, Vasconcellos, que também é membro da Comissão Internacional de BMX da União Ciclística Internacional. “O nível está muito elevado aqui na Argentina e todos os atletas provaram isso na pista, neste primeiro dia de disputas. A seleção brasileira também teve um ótimo rendimento com todos os pilotos classificados para as finais, o que demonstra que o trabalho realizado vêm rendendo frutos positivos. Os atletas e toda a comissão estão de parabéns”, declarou Vasconcellos.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização