12 de abril de 2024
Foto: Divulgação / CPTM

Companhia Paulista de Trens Metropolitanos libera o embarque de passageiros com bicicletas

Em 2014, 57.828 ciclistas utilizaram os trens para locomoção durante os fins de semana

A partir de amanhã (19), Dia do Ciclista, a cidade de São Paulo passará a contar com mais uma opção de transporte, quando os trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) passarão a permitir o embarque de bicicletas durante a semana, de segunda a sexta, após às 20h30.

Desde 2007, a medida é válida aos finais de semana, a partir das 14h de sábado até o encerramento da operação no domingo, e aos feriados durante todo o dia. São permitidas 4 bicicletas por viagem, embarcadas no último carro de cada trem. As regras de uso e regulamento estão disponíveis no site da CPTM.

Para se ter ideia do crescimento das bicicletas no sistema, aos finais de semana e feriados, em 2007 foram embarcadas 15.090 bikes. Em 2014, esse número saltou para 57.828 bicicletas embarcadas. No primeiro semestre desse ano, já foram 31.663.

Além da autorização para que as bicicletas sejam transportadas nos trens, a Companhia também disponibiliza 28 bicicletários distribuídos em estações das seis linhas, que juntos somam mais de sete mil vagas.

Hoje, existem cerca de 20 mil ciclistas cadastrados nestes bicicletários existentes ao lado das estações. Com exceção de Mauá, que é administrado pela associação de ciclistas Askobike, de Santo André, administrado pela EMTU, e o de Pinheiros, administrado pela Via 4, os demais são de responsabilidade da própria CPTM.

Todos os bicicletários são gratuitos, exceto a unidade de Mauá administrada pela Ascobike, que cobra mensalidade de R$ 20 dos sócios e diária de R$ 2 de eventuais usuários.

Fonte: CPTM

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização