21 de abril de 2024
Ciclismo de Pista - Foto: COB / Divulgação

Com duas medalhas, Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista encerra sua participação no Pan de Toronto 2015

Equipe apresenta um bom crescimento técnico e segue motivada pela classificação para os Jogos Olímpicos Rio 2016

ASeleção Brasileira de Ciclismo de Pista encerrou neste domingo (19) sua participação nos Jogos Pan-Americanos de Toronto/2015 com a sensação de dever cumprido. Com duas medalhas de bronze, conquistadas na prova de Velocidade por Equipes e Omnium, o time brasileiro mostrou uma grande evolução técnica e os bons resultados nos quatro dias de competição comprovam que a equipe nacional está no caminho certo rumo à classificação para a Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016, principal meta da Confederação Brasileira de Ciclismo.

“Ficamos praticamente entre as cinco melhores equipes de pista se tiramos uma média de todas as provas. Todos estão de parabéns, todo sacrifício valeu a pena e espero que o comprometimento dos atletas continue, pois sabemos que esses resultados irão abrir muitas portas para o futuro do ciclismo nacional”, comentou Ana Claudia Stipanich, Chefe de Equipe em Toronto e membro do Departamento de Alto Rendimento da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC).

Último dia de competição – Bronze na prova de Velocidade por Equipes e quarto colocado na prova de Velocidade Individual, Flavio Cipriano competiu neste domingo (19) no Keirin, alcançando o sétimo lugar. Já Wellyda Rodrigues ficou com a nona colocação na Omnium, prova que rendeu bronze para o Brasil no masculino, com Gideoni Monteiro. A atleta de apenas 19 anos mostrou personalidade durante as seis provas e surpreendeu ao encarar de frente atletas de elite e campeãs mundiais.

“A experiência sem dúvida foi muito importante para a carreira dela, que está apenas começando. Essa é uma prova muito complexa, que exige muito do atleta, são seis corridas diferentes, dois dias de competição. Ela demonstrou muita garra e competência. O trabalho continua firme e forte, pois ela tem potencial para chegar muito longe”, afirmou o técnico Emerson Silva.

Na prova de Perseguição por Equipes, os brasileiros Gideoni Monteiro, Thiago Nardin, Cristian Egídio e Endrigo da Rosa, entraram na pista para disputar a 5ª colocação contra a seleção chilena, mas devido à ausência dos adversários na hora da largada o Brasil acabou ficando com a vitória.

A equipe brasileira de ciclismo volta a competir na quarta-feira (22), participando das provas do Ciclismo de Estrada, que seguem até domingo (26). Ana Paula Polegatch, Clemilda Fernandes, Janildes Fernandes, João Marcelo Gaspar, Murilo Ferraz e novamente Cristian Egídio, Endrigo Pereira e Thiago Nardin defendem as cores da equipe brasileira nesta reta final do Pan de Toronto 2015.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização