25 de abril de 2024
Henrique Avancini - Foto: Thiago Lemos / CBC

Henrique Avancini e Raiza Goulão são campeões do Brasileiro de MTB XCO 2015

Em circuito inédito, disputa de alto nível na região serrana do Rio de Janeiro reuniu os melhores atletas da modalidade

A cidade de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, amanheceu neste domingo (19) com uma temperatura amena, mas não demorou muito para o clima esquentar, especialmente na pista de MTB do Vale do Cuiabá, palco da disputa do Campeonato Brasileiro de MTB XCO 2015. Os melhores pilotos da modalidade levantaram o público em uma competição de alto nível, que coroou Raiza Goulão e Henrique Avancini como medalhistas de ouro na elite do MTB brasileiro. Recém-chegada de Toronto, no Canadá, após participar dos Jogos Pan-Americanos, Raiza vibrou com o bicampeonato e destaca que esse foi um passo importante rumo à metas mais ousadas.

“Estava muito focada para conquistar esse título e cheguei na prova me sentindo muito bem. A minha participação em competições internacionais no último semestre fizeram muita diferença para consegui sair com a vitória. A minha cabeça não para de pensar na Olimpíada do Rio 2016. Então estou me esforçando ao máximo para poder conquistar pontos no ranking para ajudar a Associação do Brasil e depois conseguir a minha tão sonhada convocação”, disse Raiza, que subiu ao pódio ao lado de Isabella Lacerda (LM/Shimano), segunda colocada, e Érica Gramiscelli (Soul Cycles/Funvic), terceira colocada.

Raiza Goulão - Foto: Thiago Lemos / CBC
Raiza Goulão – Foto: Thiago Lemos / CBC

Já Henrique Avancini não poderia ter saído mais satisfeito com o resultado. O atleta, que é natural do Rio de Janeiro, não só agradeceu o apoio da torcida local como demonstrou seu poder de superação ao alcançar seu segundo título nacional na Elite.

“Comecei a temporada com resultados muito expressivos. Depois tive uma lesão no pé esquerdo, quebrando minha preparação, calhou com o inicio da Copa do Mundo, um pouco frustrante. Mas hoje trabalho com uma classe de profissionais que faz muita diferença a longo prazo e que me dá uma tranquilidade grande em muitos aspectos. Estou no caminho certo novamente. Competir na minha cidade natal, na região onde mais treino, em um circuito desenvolvido pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (FECIERJ), com participação minha e do meu pai foi realmente muito especial. Trazer esse espetáculo pra minha cidade é muito importante”, lembra Henrique, piloto da Cannondale Factory Racing. Completaram o pódio Frederico Mariano (Caloi/Elite Team), prata, e Ricardo Pscheidt (Team Trek).

Pódio da categoria Elite Mascilino - Foto: Thiago Lemos / CBC
Pódio da categoria Elite Mascilino – Foto: Thiago Lemos / CBC

O circuito inédito montado no Vale do Cuiabá, na divisa entre Petrópolis e Itaipava, foi não apenas elogiado por todos os competidores, como considerado um legado muito bem vindo para a população local, que em 2011 e 2013 sofreu com as enchentes e deslizamentos e está agora retomando o crescimento.

Sub-23 – Na categoria sub-23 masculino, Luiz Henrique Cocuzzi, atleta da Seleção Brasileira, faturou o ouro, passando por milésimos de segundo à frente de Guilherme Muller, prata. O primeiro cruzou a linha de chegada em 1h12min11s e o segundo em 1h12min42s. O bronze ficou com José Gabriel Almeida, que fechou a prova em 1h15min08. Já no feminino, Sofia Subtil venceu com 1h20min14, seguida por Ana Paula Azevedo (1h31min01) e Danielle Moraes (1h32min33s).

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização