22 de abril de 2024
Ciclovia no caminho para o Hotel Ryugyong, em Pyongyang, na Coreia do Norte - Foto: Jaka Krisnadi / Reuters

Coreia do Norte inaugura rede de ciclovias em sua capital

Ciclistas tinham que dividir espaço com pedestres nas calçadas estreitas de Pyongyang

O governo da Coreia do Norte inaugurou uma rede de ciclovias nas principais vias de sua capital, Pyongyang, em uma aparente tentativa de reduzir os crescentes registros de acidentes de trânsito envolvendo ciclistas e pedestres, já que, embora ainda cara, a bicicleta é mais viável financeiramente que um automóvel para a maioria da população do país.

Imagens registradas pela agência de notícias Reuters mostram uma ciclovia recém-instalada, que conduz ao Hotel Ryugyong, imponente torre de 105 andares. Na área central da cidade, longos trechos pavimentados foram substituídas por uma faixa de ciclovia marcada por linhas brancas.

Pyongyang é uma cidade plana, amigável para ciclistas, mas chegou a estabelecer no passado uma proibição do uso de bicicletas em seu centro - Foto: Jaka Krisnadi / Reuters
Pyongyang é uma cidade plana, amigável para ciclistas, mas chegou a estabelecer no passado uma proibição do uso de bicicletas em seu centro – Foto: Jaka Krisnadi / Reuters

Os ciclistas norte-coreanos são proibidos de circular em estradas urbanas e há anos utilizavam uma estreita faixa compartilhada com pedestres, sem nenhum tipo de marcação.

“Isso causava muitos acidentes e colisões envolvendo ciclistas e pedestres”, disse Simon Cockerell, da empresa de turismo Koryo Tours, especializada em levar turistas para a Coreia do Norte.

No país, as bicicletas são um modo de transporte caro, porém popular – ter um carro particular ainda é raro - Foto: Jaka Krisnadi / Reuters
No país, as bicicletas são um modo de transporte caro, porém popular – ter um carro particular ainda é raro – Foto: Jaka Krisnadi / Reuters

Embora geograficamente amigável para ciclistas, Pyongyang chegou a estabelecer no passado uma proibição do uso de bicicletas em seu centro, medida atualmente cancelada.

Segundo Cockerell, com as mudanças, o número de ciclistas na cidade aumentou cerca de 50% nos últimos anos.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização