22 de abril de 2024
Isabella Lacerda, atual campeã brasileira de XCO - Foto: Bruno Fernandes / Noispedala

Ciclistas da Shimano lutam pelo bicampeonato no Brasileiro de Cross Country

Isabella Lacerda e Frederico Mariano vão buscar o segundo título consecutivo, enquanto Luiz Henrique Cocuzzi quer ser tri na sub-23 neste domingo (19), em Petrópolis (RJ)

O Shimano Sports Team já desembarcou em peso na cidade de Petrópolis, região serrana do Rio de Janeiro, onde neste domingo (19) será realizado o Campeonato Brasileiro de Cross Country 2015. A marca japonesa de componentes e acessórios para bicicletas terá representantes renomados na prova, como os atuais campeões das elites feminina e masculina, os mineiros Isabella Lacerda (LM/Shimano) e Frederico Mariano (Caloi Elite Team/Shimano).

Isabella, atleta número 2 do cross country brasileiro (29ª colocada no ranking mundial), acaba de retornar de Toronto, no Canadá, onde formou a delegação brasileira do mountain bike nos Jogos Pan-Americanos com Raiza Goulão, Rubinho Valeriano e Luiz Henrique Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano). A mineira fez sua estreia na competição continental e ficou perto do pódio, ao cruzar a linha de chegada na sexta colocação.

“Minhas expectativas são as melhores possíveis. Essa prova é um dos focos na temporada, sempre quero andar bem. Fiz o reconhecimento da pista e a achei bem técnica, mas perigosa, com obstáculos difíceis. Vou dar o meu melhor e tentar não cometer erros, porque qualquer deslize nessa pista pode custar muito caro, e quero muito manter minha camisa de campeã brasileira”, diz Isabella.

Fred Mariano, atual campeão brasileiro de XCO - Fto: Divulgação / Shimano
Fred Mariano, atual campeão brasileiro de XCO – Fto: Divulgação / Shimano

Fred, por sua vez, deseja pelo menos manter o bom retrospecto no Brasileiro. Além do título no ano passado, o mineiro foi campeão júnior em 2009, vice sub-23 em 2010 e terceiro colocado na elite em 2013. “Difícil dizer quais serão meus principais concorrentes, o Brasileiro sempre reúne atletas muito fortes, os melhores do país. Espero fazer uma boa prova, sem erros, e conquistar o bicampeonato”.

Luiz Cocuzzi, atual bicampeão brasileiro sub-23 - Foto: Bruno Fernandes / Noispedala
Luiz Cocuzzi, atual bicampeão brasileiro sub-23 – Foto: Bruno Fernandes / Noispedala

Outro favorito na briga pelo lugar mais alto do pódio é o paulista Luiz Henrique Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano), campeão nas cinco vezes em que participou do Brasileiro: duas na juvenil, uma na júnior e duas na sub-23, categoria na qual buscará o tricampeonato. Irmã e companheira de equipe de Cocuzzi, Jaqueline Borba é a ciclista a ser batida na júnior feminina.

Já o catarinense Ricardo Pscheidt (Trek/Shimano), tricampeão brasileiro na elite – 2006, 2008 e 2010 -, incluirá mais uma participação no campeonato nacional em seu currículo repleto de vitórias. “No último mês, treinei muito focado nessa prova, mas mantenho os pés no chão e sei que outros atletas estão em melhor fase. É claro que a gente sempre competepara tentar vencer, mas chegar ao pódio seria um grande resultado para mim”.

Companheiros de Isabella na equipe LM/Shimano, os mineiros Marcelo Cândido (elite) e Guilherme Müller (sub-23) também disputarão o Brasileiro. Marcelo tem como principal marca o título sub-23 em 2002, enquanto Guilherme vive um momento de ascensão: campeão sub-23 da segunda etapa da Copa Internacional Levorin de Mountain Bike e vencedor da última etapa do Interestadual, o jovem ciclista tenta seu primeiro título brasileiro, após dois vices, em 2013 e 2014.

“Estou em boa fase, mas outros atletas da minha categoria também estão. Acho que o vencedor da prova será aquele que cometer menos erros e ficar atento aos detalhes”, afirma Guilherme.

Thiago Aroeira - Foto: Divulgação / Shimano
Thiago Aroeira – Foto: Divulgação / Shimano

A Shimano ainda será representada no Brasileiro por Thiago Aroeira (equipe Isapa/Oggi/Shimano, campeão sub-23 em 2004 e terceiro colocado na elite em 2011), Sherman Trezza (equipe Caloi Elite Team/Shimano, campeão sub-23 em 2010 e vice-campeão na elite em 2013), Guilherme Saad e Daniel Grossi (ambos da Groove/Shimano), além de Bruno Martins (Caloi Elite Team/Shimano) e Luiz Renato Borges (Isapa/Oggi/Shimano).

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização