2 de março de 2024
Flávia Oliveira - Foto: Anton Vos

Brasileira Flávia Oliveira assume a liderança da classificação de montanha no Giro Rosa

Após etapa dura com três prêmios de montanha, ciclista da Ale Cipollini assume a classificação de montanha da versão feminina do Giro d’Itália, em resultado inédito para o Brasil

A etapa foi uma das mais difíceis desta edição do Giro Rosa, versão feminina do tradicional Giro d’Itália, e mais uma vez a brasileira Flávia Oliveira comprovou estar em um momento bastante positivo da sua carreira. Flávia conquistou a segunda colocação no terceiro e último prêmio de montanha da etapa e assumiu a camiseta verde, que representa a liderança da classificação, somando 20 pontos. O resultado, inédito na história do ciclismo brasileiro, coloca a brasileira entre as melhores atletas do circuito mundial do Ciclismo de Estrada feminino.

Flávia no pódio do Giro - Foto: Divulgação
Flávia no pódio do Giro – Foto: Divulgação

O percurso de 102 quilômetros exigiu muito preparo das atletas, que enfrentaram três prêmios de montanha, sendo um de primeira categoria, e dois de segunda categoria. A vitória da etapa ficou com a japonesa Mayuko Hagiwara, que venceu e deu um duro golpe nas principais adversárias ao assumir a classificação geral individual restando três etapas para o final.

Flávia completou a etapa na 8ª colocação e subiu onze posições na classificação geral, estando agora na 12ª colocação a 2min22s da líder. Uenia Fernandes concluiu na 37ª posição e 43ª colocação na geral. Na classificação de montanha, Flavia lidera com 20 pontos, enquanto as italianas Elena Berlato e Alice Maria estão empatadas, ambas com 18 pontos.

“Hoje a etapa foi muito desgastante. Graças a deus procurei sempre estar bem posicionada e consegui assumir a liderança da classificação de montanha. Estou feliz e motivada para continuar lutando pelas primeiras colocações nas próximas etapas”, declarou Flávia.

A sétima etapa será disputada nesta sexta-feira, 10 de julho, percorrendo 89 quilômetros entre as localidades de Arenzano e Loano. O percurso apresenta dois prêmios de montanha e será mais uma grande oportunidade para as atletas que estão interessadas na disputa da classificação geral.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização