12 de abril de 2024
Foto: Gazeta Press / Divulgação

Principais equipes do País confirmam presença na Prova Ciclística 9 de Julho

Uma das mais tradicionais provas do ciclismo brasileiro está de volta. Terá início nesta próxima quinta-feira a 69ª edição da Prova Ciclística 9 de Julho. No feriado paulista alusivo à Revolução Constitucionalista de 1932, algumas das principais equipes e ciclistas do país estarão no evento, que volta às ruas de São Paulo. Cerca de 700 atletas participarão da competição, que contará pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), nas categorias Sub 23 e Elite, Masculino e Feminino.

As inscrições, gratuitas, ainda encontram-se abertas e deverão ser realizadas pelo site da Federação Paulista de Ciclismo até amanhã (8) ao meio dia, ou até que o limite seja atingido. Neste mesmo dia acontecerá a entrega do kit do atleta, que será realizada no Clube de Regatas Tiete, no período de 14h às 22h. A organização da prova informa que não haverá entrega de kits no dia da competição.

Entre as equipes já inscritas encontram-se forças do ciclismo brasileiro como Clube Dataro de Ciclismo, Equipe UFF de Ciclismo, Green/Piracicaba, Associação Radical Sports Club, Carrefour Funvic Soul Cycling Team, Equipe de Ciclismo De Taubaté, São Francisco Saúde/Ribeirão Preto, ACC/ SEL- Cordeirópolis, Associação Jundiaí De Esportes, Associação Atlética Desportiva, ADF Guarulhos, AD Indaiatuba, Clube Maringaense De Ciclismo, Team Osasco, Memorial/Santos, Clube Fernandes de Ciclismo e Velo/Seme, entre outras.

Já com relação aos destaques já confirmados para brigar pela vitória, a edição deste ano contará com campeões das edições passadas, entre eles o argentino Francisco Chamorro, campeão em 2010, o cubano Michel Fernandes, vencedor em 2008, as brasileiras Camila Coelho, ganhadora em 2008, Luciene Ferreira, primeira em 2007, e Janildes Fernandes, tricampeã do evento (1999, 2000 e 2001).

A prova percorrerá algumas das principais ruas e avenidas da capital paulista, com largada e chegada na Avenida Lineu de Paula Machado, em frente ao Jockey Club de São Paulo. Os participantes terão pela frente um circuito com duas voltas, a primeira com 28,3 km e a segunda com 25,3 km, ambas bastante técnicas e competitivas. A Elite masculina dará duas voltas no mesmo (53,6km), ficando os demais competidores com apenas uma volta a ser cumprida, de 28,3 km.

Programação

  • Local da largada / chegada: Av. Lineu de Paula Machado – Jardim Everest (em frente ao Jockey Club de São Paulo)
  • Concentração: 6h30
  • Largada: 7h45
  • Circuito: 1ª volta = 28.3km/2ª volta = 25.3km
  • Masculino 2 voltas: 53.6km
  • Feminino 1 volta: 28.3km

Os melhores da disputa na Elite na 68ª edição foram os seguintes

Masculino

  1. Roberto Pinheiro da Silva (Funvic/Marcondes César/ Pindamonhangaba), 1h34min27s;
  2. Edgardo Simon (Padaria Real/Sorocaba), 1h34min28s;
  3. Glauber Silva (Suzano/Trotz/Microsifht), 1h34min28s;
  4. Jean Carlos Coloca (Clube São José dos Campos/ Canondalle), 1h34min28s;
  5. Geraldo da Silva Sousa Júnior (São Lucas/Giant/Ciclo Ravena /UAC), 1h34min28s.

Feminino

  1. Fernanda da Silva Souza (Funvic/Marcondes César/Pindamonhangaba) 27min28seg;
  2. Valquíria Pardial (Funvic/Marcondes César/Pindamonhangaba) 27min39seg10;
  3. Débora Gerard (Funvic/Marcondes César/Pindamonhangaba) 27min39seg;
  4. Janildes Silva (Clube São José dos Campos) 27min40seg;
  5. Rosane Kirch (Forno Dasolo/Colavita) 27min40seg.

Sobre a prova – Instituída em 1932 pelo jornalista Cásper Líbero em homenagem à Revolução Constitucionalista e realizada pelo jornal A Gazeta Esportiva desde 1933, a Prova Ciclística 9 de Julho é um patrimônio do esporte brasileiro. O evento se tornou um marco na modalidade, sendo objeto de desejo dos atletas e clubes.

Ao longo dos anos, os principais nomes do país e destaques do exterior prestigiaram o evento, colocando-o em um lugar de destaque nos cenários nacional e internacional. Sua última edição foi em 2011, no Autódromo de Interlagos.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização