25 de abril de 2024
Isabella Lacerda - Foto: Pedro Cury / Divulgação

Isabella Lacerda fica no top 10 em prova na Áustria e finaliza temporada europeia

Mineira conquista mais 10 pontos no ranking mundial. Também na Europa, Bernardo Cruz conquista nono lugar em competição de Downhill. Nos EUA, Clarindo completa a RAAM. No Brasil, Guilherme Müller, Rodrigo Quirino, Sabrina Gobbo e Diogo Sclebin são campeões

A mineira Isabella Lacerda (LM/Shimano) encerrou a temporada na Europa neste fim de semana. No sábado (27), como única brasileira no KitzAlpBike Festival, prova de classe 1 disputada em Kirchberg, na região austríaca do Tirol. Isabella cumpriu seu objetivo e terminou na décima colocação, somando 10 pontos nos rankings individual e olímpico da UCI (União Ciclística Internacional). A mineira finalizou a prova em 1h34min15s, dez minutos atrás da vencedora, a australiana Rebecca Henderson.

“O balanço é positivo, porque a pista era muito técnica, repleta de raízes, e choveu demais. Fico feliz por ter conseguido atingir minha meta, que era finalizar entre as dez primeiras colocadas”, avaliou Isabella.

Junto com Daniel Grossi (Groove/Shimano), que se recupera de um corte profundo sofrido na canela semana passada e preferiu não competir no sábado (27) para se preservar, Isabella disputou um total de cinco provas em sequência na Europa: duas etapas da Copa do Mundo de Cross Country (República Tcheca e Alemanha), o Alpentour Trophy (Áustria) e o Jelenia Gora Trophy – Maja Wloszczowska (Polônia).

Bernardo Cruz na Alemanha – O mineiro Bernardo Cruz (GT/FOP/Shimano), ciclista número 1 do downhill brasileiro e 51º no ranking mundial, encerrou na nona colocação a German Downhill Cup, em Todtnau, na Alemanha, prova realizada entre sexta-feira (26) e domingo (28). Com o resultado, Bernardo somou dois pontos nos rankings da UCI.

Bernardo Cruz fica no top 10 na Alemanha - Foto: Pedro Cury / LM Shimano
Bernardo Cruz fica no top 10 na Alemanha – Foto: Pedro Cury / LM Shimano

“Estou muito feliz por ter ficado no top 10 da competição e parabenizo o Johannes Fischbach, campeão. Agora é focar na quarta etapa da Copa do Mundo, na Suíça”, disse Bernardo.

Cocuzzi na Suíça – O paulista Luiz Henrique Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano) também competiu em território europeu neste fim de semana. No domingo (28), Cocuzzi foi o 19º colocado na BMC Racing Cup, em Yverdon (Suíça), com o tempo de 1h39min19s, dez minutos atrás do vencedor, o francês Julien Absalon, líder do ranking mundial de Cross Country.

Claudio Clarindo na RAAM – O paulista Claudio Clarindo (Shimano Sports Team) realizou seu sonho e encerrou sua quinta participação na Race Across America, competição de ciclismo de longa distância considerada a mais difícil do mundo. Clarindo largou na terça-feira retrasada (16) e venceu em 11 dias, 23 horas e 35 minutos os 4.800 quilômetros do percurso, entre as costas oeste e leste dos Estados Unidos, terminando a disputa da categoria sub-50 na 16ª colocação.

Claudio Clarindo no fim da RAAM - Foto: Divulgação / Acervo pessoal
Claudio Clarindo no fim da RAAM – Foto: Divulgação / Acervo pessoal

O ultraciclista há havia participado da RAAM em 2007, 2009, 2011 e 2012, registrando seu melhor tempo em 2010, quando ficou em sétimo, com o tempo de 10dias, 22horas e 11 minutos. Com a quinta participação, Clarindo torna-se o sul-americano com o maior número de RAAMs completadas.

Guilherme Müller vence em Poços de Caldas – O mineiro Guilherme Müller (LM/Shimano) encerrou o Campeonato Interestadual de Mountain Bike XCO 2015 em grande estilo. Neste domingo (28), na última etapa, em Poços de Caldas (MG), Guilherme venceu a sub-23 e foi o mais rápido entre todos os competidores da super elite, que engloba os tempos da elite e da sub-23.

“Consegui largar bem forte e assumir a liderança logo na metade da primeira volta, quando forcei o máximo que podia. A partir daí, consegui manter um ritmo constante e administrar a vantagem até o fim”, explicou Guilherme.

Green no Brasileiro de Pista e Estrada – A equipe Green Piracicaba, patrocinada pela Shimano, conquistou resultados expressivos no Campeonato Brasileiro de Pista e Estrada, entre sexta-feira (26) e domingo (28), em Araraquara. Na prova de contrarrelógio, disputada na sexta, Marcos Novello foi vice-campeão da elite. Já na de estrada, realizada domingo, Eriberto Medeiros ficou em terceiro na elite e Rodrigo Quirino se sagrou campeão da sub-23.

“O desempenho da Green Piracicaba foi excelente. Com as três medalhas conquistadas, a equipe superou nossas expectativas. Como técnico, deixo Araraquara muito feliz, principalmente pela dedicação dos meninos”, celebrou Edgardo Simon, manager da equipe.

Paulista de BMX – Em Votorantim (SP), a paulista Julia Alves (Shimano Sports Team) conquistou o vice-campeonato da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de BMX. Com o resultado, Julia se manteve na liderança da competição.

“Tentei me preservar o máximo possível e, talvez por isso, tenha cometido alguns erros. Mas saio satisfeita por continuar líder e ter conseguido concluir mais um treino visando o Brasileiro [no próximo fim de semana, em Campo Bom, RS]”, resumiu Julia.

Sabrina Gobbo campeã brasileira – A triatleta paulista Sabrina Gobbo (Trek/Shimano/Pearl Izumi) deu sequência ao bom momento vivido em 2015 e, neste domingo, conquistou o título do Campeonato Brasileiro de Cross Triathlon, em Jaraguá do Sul (SC). A prova teve 800m de natação, 15km de mountain bike e 5km de trekking.

“Nadei mal e acabei saindo da água em terceiro. Logo no começo do trecho de ciclismo, conseguiu ultrapassar a segunda colocada e encostar na líder, que ultrapassei no fim da segunda volta. Depois, pude abrir uma vantagem e só precisei administrá-la até a linha de chegada”, contou Sabrina.

Diogo Sclebin campeão – Competindo em sua cidade natal, o Rio de Janeiro, o carioca Diogo Sclebin (Team Bravo) conquistou a terceira etapa do Rio Triathlon neste domingo (28). A prova – com 1,5km de natação, 40km de ciclismo e 10km de corrida – foi a última antes do triatleta número 1 do Brasil representar o País nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá.

“Toda a minha preparação nesta temporada foi voltada para o Pan. Uma medalha lá me fará subir de patamar”, afirmou Diogo.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização