22 de abril de 2024
Foto: Divulgação / Shimano

Lucas Borba busca o bicampeonato da segunda etapa do Open Shimano Latinoamérica

Ciclista catarinense de 20 anos está pronto para lutar pelo título da etapa brasileira da maior competição de downhill da América Latina

O catarinense Lucas Borba (Santa Cruz/Shimano) vive a expectativa pelo início da segunda etapa do Open Shimano Latinoamérica, a ser realizada na cidade de Balneário Camboriú entre sexta-feira (26) e domingo (28). Atual campeão do maior evento de downhill da América Latina, o jovem ciclista se diz pronto para buscar o bicampeonato da etapa e rechaça qualquer tipo de pressão psicológica para atingir esse feito.

“Não deixo que [o favoritismo] me prejudique. Uma das maiores preparações é em relação ao psicológico, no sentido de ficar focado somente na minha descida, e, para isso, procuro estar sempre de cabeça tranquila. Minha receita é pensamento positivo e treino”, afirma Lucas, de apenas 20 anos.

Foto: Divulgação / Shimano
Foto: Divulgação / Shimano

Ainda mais confiante, principalmente pelo título conquistado na quarta etapa do Campeonato Catarinense, domingo (21), em Ituporanga (SC), o ciclista aponta quatro nomes como seus principais concorrentes: Lucas Bertol, Markolf Berchtold, Leonardo José de Souza e o argentino Santiago de Santiago.

Para estar no lugar mais alto do pódio da categoria PRO na cerimônia de premiação do domingo, o piloto de Ibirama, cidade a 150 km de Balneário Camboriú, adaptou sua preparação às características do circuito do Parque Unipraias, onde será disputada, pelo terceiro ano consecutivo, a etapa Brasil do Open Shimano.

“A pista exige muito do atleta fisicamente, por isso treinei bastante as partes de resistência e potência nas últimas semanas, mesclando atividades na academia e com a bicicleta. Esta semana será mais voltada à recuperação, com treinos leves, para evitar um desgaste excessivo até o dia da corrida”, explica.

Lucas Borba não poupa elogios à organização da etapa brasileira do Open Shimano Latinoamérica, resultado de uma parceria entre a Shimano e Federação Catarinense de Ciclismo. “O Open Shimano é sempre um evento muito esperado, não só pelos atletas, mas também pelo público. Tem ótima estrutura, conta com os excelentes profissionais da Shimano para prestar auxílio aos atletas e reúne competidores de alto nível”.

Programação – Na sexta-feira, serão feitas a confirmação das inscrições e a entrega dos kits aos ciclistas, que à tarde poderão treinar na pista. No sábado, serão realizados os treinos sem paradas e o classificatório. No domingo, a parte da manhã será reservada para os pilotos fazerem uma descida pela pista antes das finais, marcadas para ter início às 13h30.

Foto: Divulgação / Shimano
Foto: Divulgação / Shimano

O Open Shimano em Balneário Camboriú terá nove categorias: menores, cadetes, juvenis, elite, master A1, master A2, master B, damas e profissional. As largadas de todas as provas será feita 237 metros acima do nível do mar, numa pista de alto nível técnico, cuja extensão é de aproximadamente 1.400m.

O Open Shimano 2015 é composto por três etapas. Além da prova em Balneário Camboriú e da disputa em Bariloche, onde foi aberta a temporada no final de janeiro deste ano, haverá uma edição em Nevados de Chillán (Chile), em dezembro. O chileno Pedro Ferreira foi o campeão da Pro na etapa de abertura, na Argentina.

Em seu oitavo ano de realização, o Open Shimano Latinoamérica segue com números impressionantes, o que credencia a prova como a principal da América Latina na modalidade downhill do mountain bike. Foram mais de 30 provas realizadas, em 16 circuitos diferentes, com mais de 3200 competidores, além de nove países representados e a participação de mais de 20 medalhistas pan-americanos. É um evento criado para fomentar o esporte no continente e tem, desde então, revelado grande talentos do downhill e proporcionado boa oportunidade para os pilotos latino-americanos, a partir do intercâmbio e da troca de experiência entre atletas de vários países.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização