25 de abril de 2024
Ciclismo de Pista - Foto: Divulgação

Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista encara fase final de preparação para o Pan de Toronto

Equipe manteve um bom desempenho neste fim de semana durante a Cottbuser-Sprintercup, disputada na Alemanha

O fim de semana (20 e 21) foi acelerado para a Seleção Brasileira de Ciclismo de Pista. Os velocistas Flávio Cipriano, Kacio Fonseca e Fernando Sikora participaram da Cottbuser-Sprintercup, um tradicional torneio na Alemanha, e conquistaram pontos importantes no ranking mundial e classificatório para a Olimpíada do Rio 2016.

“Foi um torneio duríssimo, com campeões europeus na disputa e alguns dos melhores atletas da America do Sul. No geral, conseguimos colocar o Brasil no Top 10 e a experiência foi muito bam para nossa preparação visando os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Será uma competição importante e queremos muito ajudar o Brasil a figurar no topo do quadro geral de medalhas”, comentou Kacio Fonseca, quinto colocado no 1km Contra-Relógio.

Na prova de velocidade individual, Flavio Cipriano encerrou na nona colocação, enquanto Kacio foi o 13º e Fernando Sikora finalizou em 37º. Já no Keirin, Flávio Cipriano ficou novamente com o nono lugar, enquanto Fernando Sikora fechou na 12ª colocação, seguido por Kacio, em 13º lugar.

A seleção segue agora para a Itália, onde estará disputando o torneio Fiorenzuola 2015, que será disputado entre os dias 28 de junho e 3 de julho. Os convocados são: Flávio Cipriano, Kacio Fonseca, Fernando Sikora e Gideoni Monteiro.

Os atletas que competiram no torneio na Alemanha e estarão na Itália fazem parte do “Projeto Intercâmbio”, desenvolvido pela CBC em parceria com a União Ciclística Internacional (UCI), com patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Projeto Intercâmbio – A Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), com patrocínio da Caixa Econômica Federal, investe e trabalha para o desenvolvimento do ciclismo nas suas quatro disciplinas olímpicas (BMX, Ciclismo de Estrada, Mountain Bike – MTB e Ciclismo de Pista).

Em parceria com a União Ciclística Internacional (UCI), a CBC realiza o “Projeto de Intercâmbio/CMC”, que proporciona aos atletas brasileiros uma oportunidade de aperfeiçoar as suas habilidades, além de adquirirem uma grande experiência internacional.

Os atletas se concentram no Centro Mundial de Ciclismo, em Aigle, na Suíça, onde recebem toda a infraestrutura necessária, desde equipamentos básicos, como capacete, sapatilha e assessórios, até o acompanhamento de uma equipe multidisciplinar selecionada pela diretamente pela UCI para o desenvolvimento da equipe.

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização