24 de fevereiro de 2024
Isabella Lacerda - Foto: Pedro Cury / Divulgação

Isabella Lacerda vence a 4ª etapa do Alpentour Trophy na Áustria

Ciclista da equipe LM/Shimano soma 50 pontos na competição realizada na Áustria, em que Daniel Grossi finaliza como melhor brasileiro. No XTerra Brazil de Ouro Preto, Sabrina Gobbo é campeã e Cláudio Clarindo inicia sua quinta participação na Race Across America nesta terça-feira

A mineira Isabella Lacerda (LM/Shimano) venceu a última das quatro etapas do Alpentour Trophy, competição disputada na região de Schladming (Áustria) entre quinta-feira (11) e domingo (14). A ciclista terminou o campeonato, no formato maratona, na nona colocação da classificação geral, como a melhor brasileira, e somou 50 pontos nos rankings individual e olímpico da UCI (União Ciclística Internacional). O tempo acumulado por Isabella nos quatro dias de prova foi de 12h17min56s.

“Apesar de ser a etapa mais curta, com 14 km, sabia que seria a mais difícil. Larguei com a cabeça tranquila e pensando em fazer o meu melhor para terminar o campeonato entre as 10 primeiras. A cada quilômetro, sentia o cansaço das últimas etapas e os 7.700m de subida acumulada nos 184km percorridos até sábado, mas em minha cabeça, queria muito ultrapassar a linha de chegada”, resumiu Isabella

Como as largadas foram individuais, com 30 segundos de intervalo entre cada ciclista, Isabella demorou para perceber que tinha vencido a etapa de domingo. “A partir do momento em que finalizei a prova, o locutor começou a repetir meu nome várias vezes, mas, como ele falava alemão, eu não entendi o que queria dizer. Só caiu a ficha quando me chamaram para o pódio. Vencer a última etapa de uma das provas mais duras da minha vida foi uma sensação indescritível”.

Daniel Grossi  - Foto: Divulgação / Acervo pessoal
Daniel Grossi – Foto: Divulgação / Acervo pessoal

Entre os homens, o namorado de Isabella, o mineiro Daniel Grossi (Groove/Shimano), também conseguiu um resultado expressivo, finalizando o Alpentour Trophy como o melhor brasileiro, em 58º, com o tempo de 10h51min21s.

Sabrina Gobbo vence de novo o XTerra – A triatleta Sabrina Gobbo (Trek/Shimano/Pearl Izumi) manteve sua soberania no XTerra Brazil. No sábado (13), na etapa de Ouro Preto, a paulista venceu o duatlo, ao cruzar a linha de chegada em 3h14min45s, quase 15 minutos mais rápida que a segunda colocada. A prova foi dividida em 3,51km de trail run, 35,7km de mountain bike e outros 7,8km de trail run.

Sabrina Gobbo - Foto: Divulgação
Sabrina Gobbo – Foto: Divulgação

“A prova foi dura demais, porque tinha muitas subidas, tanto no mountain bike quanto na corrida. Consegui liderar a disputa do começo ao fim e vencer mais uma etapa do XTerra”, afirmou Sabrina, campeã no triatlo nas três edições do XTerra disputadas em 2015: Costa Verde 1, Paraty e Ilhabela.

Também no Xterra de Ouro Preto, mas no mountain bike, a Shimano teve dois representantes na elite: os mineiros Guilherme Saad (Groove/Shimano) e Thiago Aroeira (OGGI / Shimano). Guilherme finalizou em quinto (2h07min59s), enquanto Thiago foi o sétimo (2h10min20s).

Bernardo Cruz na Copa do Mundo – O mineiro Bernardo Cruz (GT/FOP/Shimano), único representante do Brasil na etapa de Leogang (Áustria) da Copa do Mundo de Downhill, não se classificou para a final da competição.

Clarindo na RAAM – O ultraciclista Claudio Clarindo começa a disputa da RAAM (Race Across America), competição de ciclismo de longa distância considerada a mais difícil do mundo, nesta terça-feira (12), quando será dada a largada.

Clarindo começa a disputar a RAAM pela quinta vez - Foto: Acervo pessoal / Divulgação
Clarindo começa a disputar a RAAM pela quinta vez – Foto: Acervo pessoal / Divulgação

Será a quinta participação de Clarindo na prova, cujo tempo limite é de 12 dias – ou 288 horas – para percorrer cerca de 4.800 quilômetros pedalando, entre as costas oeste e leste dos Estados Unidos, começando a jornada em Oceanside (Califórnia) e a encerrando em Annapolis (Maryland).

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização