25 de abril de 2024
Foto: Divulgação / Acervo pessoal

Claudio Clarindo cruza os EUA de bicicleta pela 5ª vez no Race Across America

Principal ultraciclista do país, o paulista disputará a partir de terça-feira (16) a 34ª edição da Race Across America, prova de ciclismo de longa distância mais temida do mundo, com 4.800 km

O ultraciclista Claudio Clarindo embarca nesta sexta-feira (12) para os Estados Unidos, onde participará pela quinta vez da RAAM (Race Across America), competição de ciclismo de longa distância considerada a mais difícil do mundo. A partir da próxima terça-feira (12), quando será dada a largada, Clarindo terá 12 dias – ou 288 horas – para percorrer cerca de 4.800 quilômetros pedalando, entre as costas oeste e leste dos Estados Unidos, começando a jornada em Oceanside (Califórnia) e a encerrando em Annapolis (Maryland).

“Minha meta sempre foi somar cinco participações na prova mais difícil do ciclismo mundial. Completei a prova nas quatro oportunidades anteriores, algo muito raro para um atleta solo, porque são inúmeros os desafios e as adversidades ao longo do percurso. Sempre consegui finalizar entre os 11 melhores ciclistas do mundo na minha categoria (sub-50) e o objetivo agora é me consolidar como o melhor latino-americano de todas as edições”, projeta Clarindo, cujo melhor resultado foi conquistado em 2009, quando terminou em sétimo, com o tempo de 10dias22horas11min.

Técnicos da Shimano ajustam o câmbio eletrônico da bicicleta de Clarindo - Foto: Shimano / Divulgação
Técnicos da Shimano ajustam o câmbio eletrônico da bicicleta de Clarindo – Foto: Shimano / Divulgação

Somados, os ciclistas que competirão individualmente ou em equipe representarão mais de 25 países e percorrerão uma distância equivalente a sete voltas em torno da Terra. Ao longo dos quase 5 mil quilômetros, serão quase 30km acumulados de subida (com altimetria de 3 mil metros), passando pelos cinco maiores rios norte-americanos: Mississippi, Missouri, Rio Grande, Arkansas e Ohio.

Preparação intensa – A preparação de Clarindo para a prova incluiu estágio de uma semana em Portugal e diversos treinos em estradas paulistas – um deles com duração de quatro dias, entre Santos (SP) e Guaranésia (MG), totalizando 820km de pedal. “A soma de quilometragem durante a preparação é muito importante, mas o essencial está na mente. Sempre digo que a mente responde por 70% do sucesso na RAAM, para o qual eu tenho dedicado a minha vida”.

Para tornar realidade o objetivo de completar pela quinta vez o percurso da competição, Clarindo contará com uma equipe de apoio, composta por sete pessoas, responsáveis por prestar todo o apoio logístico ao ultraciclista. “Sem essas pessoas, nada seria possível. Eles me guiarão o tempo todo, principalmente a partir do sétimo dia, quando me transformarei num boneco por causa do cansaço físico. Serão, em média, 500km pedalando por dia. Se é difícil de carro, imagine pedalando?”.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização