25 de abril de 2024
Foto: Christiano Cardoso / Sportsmag

Quarteto gaúcho se prepara para enfrentar percurso de 5.000km do Race Across America

Quatro amigos de Porto Alegre estarão embarcando na próxima terça-feira (16/6) para participar da prova de ciclismo considerada a mais difícil do mundo. Movidos pelo desafio, Rodrigo La Rosa, Gustavo Piccinini, Fabrício Marcondes e Marcos Knewitz formaram a RS1 Brazilian Team, primeira equipe gaúcha a participar do Race Across America. A prova cruza os Estados Unidos de costa a costa, em um percurso de cerca de 5 mil quilômetros.

Para se ter uma ideia, essa distância é maior do que a do Oiapoque ao Chuí, os dois pontos mais extremos do Brasil. Há sete meses, o quarteto acorda cedo para, quando o relógio marcar 4h30min da manhã, já estar em cima da bike. Mas eles não estão sozinhos nessa: uma equipe de 16 pessoas, entre preparadores físicos, médico e motorista, oferece apoio para o time conquistar o feito.

“Além do desafio físico, muita gente falou para desistirmos, por se tratar de uma prova cara. Visitamos 80 empresas para conseguir os patrocínios. No Brasil, infelizmente, não temos a cultura do ciclismo, e as bicicletas não se dão bem com os carros. Será uma grande oportunidade para o esporte”, diz Gustavo Piccinini, que conta com uma etapa do Tour de France e Ironman no currículo como atleta amador.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização