23 de abril de 2024
Viviane Vaveri na trillha desta sexta-feira - Foto: Wladimir Togumi / Brasil Ride Botucatu

Halysson Ferreira e Viviane Favery vencem etapa de MTB do Festival Brasil Ride Botucatu

Percurso de 76,4 km levou atletas para as trilhas nas montanhas da Cuesta. Campeão será definido neste sábado, em uma etapa de 107km. O Festival termina no domingo (7)

Halysson Ferreira e Viviane Favery foram os destaques do segundo dia do Festival Brasil Ride em Botucatu. A dupla venceu a segunda etapa do Warm Up Brasil Ride, uma trilha de 76,4 km de mountain bike na Cuesta, a cadeia de montanhas da região no interior de São Paulo.

Na elite masculina, Halysson, da equipe Focus Xc Team Brasil, se recuperou de uma quebra na bicicleta no prólogo, na quinta-feira (4), em que perdeu quase vinte minutos em relação aos líderes, para vencer na manhã desta sexta. “Foi uma prova bem dura, principalmente na primeira hora. Fizemos 35 km, uma média muito alta. Eu consegui ficar no grupo da frente e, no final, ganhar a etapa. Infelizmente, ontem, com os problemas com a bicicleta, acabei longe na geral e já não dá para esperar muita coisa. Mas ainda posso pensar em ganhar mais uma etapa”, disse o ciclista que está na 11ª posição no geral e que até 2013 competia em provas de estrada pela equipe de Rio Claro.

Halysson Ferreira, destaque do dia - Foto: Raphael Zappa / Festival Brasil Ride
Halysson Ferreira, destaque do dia – Foto: Raphael Zappa / Festival Brasil Ride

Na classificação geral, o líder é Hugo Prado Neto, da Cannondale Oce. Ele foi o segundo colocado na prova do dia e terminou entre os cinco primeiros na primeira etapa, somando 3h18min38s no tempo total. Hugo tem 42 segundos de vantagem para João Paulo Pereira, da Scott/Pedal Pro.

No sábado será disputada a última e mais longa etapa do Warm Up, com 107 km. “A previsão é de mais de quatro horas e meia de prova. Você tem de fazer uma largada mais tranquila e se alimentar bem durante a prova, porque isso vai pesar. Estamos com dois dias nas pernas, já, e amanhã é a etapa mais dura. É necessário cautela”, diz Hallyson.

Vivi domina entre as mulheres – No feminino, Viviane Favery, da Specialized Factory Team, segue absoluta. Após vencer o prólogo, ela voltou a passar em primeiro lugar na segunda etapa, com 3h18min38. Ela chegou cercada de membros do pelotão masculino, muito à frente da segunda colocada entre as mulheres. No acumulado das duas etapas, Vivi, como é conhecida, tem quase 21 minutos de vantagem para Mariana Pontes Marques, da Brou Aventura/Kailash.

“Eu liderei de ponta a ponta. Tentei, na largada, ficar em um pelotão mais forte, porque sabia que, no fim, valeria a pena. Esse tipo de prova tem uma característica muito parecida com o ciclismo de estrada, em que você economiza muita energia andando junto com o pelotão”, explicou a ciclista. “No fim, como não tinha nenhuma concorrente por perto, eu vim com a cara no vento, puxando muito marmanjo. Se tivesse alguma mulher por perto, eu seria mais estratégica, para não puxar ninguém que pode me atacar no final”, completou.

Christian Fittipaldi - Foto: Wladimir Togumi / Brasil Ride Botucatu
Christian Fittipaldi – Foto: Wladimir Togumi / Brasil Ride Botucatu

Christian Fittipaldi pedala em Botucatu para preparar-se para a Bahia – Outra atração da prova é a participação do piloto Christian Fittipaldi, da Scott, que tem passagens por F-1, F-Indy e Nascar. Experiente, ele já disputou o Brasil Ride duas vezes (2012 e 2013). “Nesse ano, estou me preparando para o meu terceiro Brasil Ride. Ando de mountain bike desde 2009 e as provas fazem parte da minha preparação para guiar carros de corrida”.

Segundo ele, os desafios encontrados nas trilhas de montanha, desviando de pedras e controlando a velocidade, são muito parecidos com aqueles encontrados nas pistas de corrida. “Sem dúvida nenhuma é um grande esporte. A parte técnica do moutain bike é o que mais me fascina, porque tem muita pilotagem e é isso que eu gosto”.

O Brasil Ride é uma prova de sete dias, disputada na região da Chapada Diamantina, na Bahia. O Festival Brasil Ride de Botucatu é seu aquecimento, parte da preparação dos atletas para o desafio maior. O evento no interior de São Paulo é uma parceria que envolveu a Roma Sports Mkt, as prefeituras de Botucatu e Pardinho e o Ministério do Esporte. “São sete dias em que o atleta massacra o corpo, é preciso estar bem treinado. Qualquer atleta sempre acha que precisa melhorar, mas é importante saber que, mais do que a competição, estamos aqui para nos divertir. Estou bem animado. Parabéns ao Mario Roma (organizador do evento), por conseguir realizar eventos com um grande nível como esse”, completou Christian.

Palestra da Shimano no Festival - Foto: ZDL / Divulgação
Palestra da Shimano no Festival – Foto: ZDL / Divulgação

Palestras atração do fim da tarde – O ciclo de palestras do Festival Brasil Ride começou no final da tarde desta sexta-feira com as “Dicas Shimano”. Mateus Ferraz, funcionário da empresa japonesa e tetracampeão do Brasil Ride. na categoria dupla mista (com a alemã Ivonne Kraft), falou sobre a melhor forma de preparar a bike para enfrentar a ultramaratona da Bahia. Estavam programadas ainda mais três palestras: Corrida em Trilha (por Rafael Campos), Preparação para o Brasil Ride (por Adriana Nascimento) e Novidades do Brasil Ride, por Mário Roma.

A competição segue no sábado, com a última etapa do Warm Up Pró. Além disso, estão programadas a Warm Up Brasil Ride Sport, uma prova única de MTB de 71 km, e a Corrida Kids, atração para incentivar a prática esportiva desde a juventude, de 1 km. No domingo, será disputada a Trail Run, corrida pelas trilhas da Cuesta, e o passeio ciclístico, fechando a programação do Festival.

Programação

Dia 6 (sábado)

  • Warm Up Brasil Ride Pró: terceira etapa, de 107km de MTB. Largada às 8h.
  • Warm Up Brasil Ride Sport: prova de 71km de MTB. Largada às 10h.
  • Corrida Kids: prova infantil de 1km. Largada às 11h.

Dia 7 (domingo)

  • Trail Run Brasil Ride: corrida de montanha de 16km (Pró) e 6km (Sport). Largadas às 9h (Pró) e 10h (Sport).
  • Passeio Ciclístico: largada às 8h30.
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização