23 de abril de 2024
Rodrigo Melo - Foto: Thiago Lemos / CBC

Brasileiro Rodrigo Melo é o primeiro líder da Volta Ciclística Internacional do Paraná

Atleta da equipe brasileira Green/Piracicaba venceu a etapa inaugural no sprint final disputado na cidade Primeiro de Maio

A primeira etapa da Volta Ciclística Internacional do Paraná, foi realizada nesta quarta-feira, 27, com largada na cidade de Bela Vista do Paraíso e chegada na Primeira de Maio. Os ciclistas percorreram um trajeto de 126,4 quilômetros e a vitória ficou com o brasileiro Rodrigo Melo, da equipe Green/Piracicaba.

Os atletas largaram a primeira etapa com sede de vitória. Desde o início da prova, vários ciclistas tentaram se desgarrar do grupo principal, mas o pelotão permaneceu imprimindo um forte ritmo e a decisão só aconteceu nos metros finais, coroando o atleta Rodrigo Melo, com a vitória. Alexandre Manarelli, atual campeão da volta, que representa a equipe Funvic/Carrefour/São José dos Campos, terminou em segundo, seguido por Michel Fernandes, da São Francisco/Ribeirão Preto.

Com a vitória, Rodrigo Melo também conquistou a camiseta azul de líder geral da competição. Rodrigo vai largar na segunda etapa com dois segundos de vantagem sobre Manarelli, segundo na geral. “Fizemos um excelente trabalho nesta primeira etapa. A prova acabou indo para o Sprint final, onde é a minha especialidade, então tentei fazer o meu melhor e terminei com a vitória. Largar com a camiseta de líder aumenta a responsabilidade, mas a minha equipe está preparada”, declarou o campeão.

O ciclista Sidnei Silva, da equipe SMEL/Foz do Iguaçu, que protagonizou uma escapada solitária no início da etapa, acabou vencendo o único prêmio de montanha do dia e conquistou a camiseta branca de bolinhas vermelhas, que significa a liderança da classificação de montanha. Após a disputa de três metas volantes, a camiseta verde, de líder da classificação por pontos, ficou com Alexandre Manarelli, da Funvic/Carrefour/São José dos Campos. Já a camiseta branca, destinada ao atleta mais jovem melhor colocado, ficou com Endrigo Pereira, da Memorial/Santos.

A liderança entre as equipes ficou com a paulista São Francisco/Ribeirão Preto, acumulando o tempo de 9h34min34s. A classificação por equipes é definida pelo tempo dos três melhores atletas da equipe. Na segunda colocação está a Funvic/Carrefour/São José dos Campos, marcando 9h34min38s, e em terceiro, a Memorial/Santos, com 9h34min42s.

Os atletas pedalam pela segunda etapa nesta quinta, 28 de maio, percorrendo 134 quilômetros com largada em Londrina, seguindo até Tamarana e retornando para Londrina. A etapa é considerada por todos como “etapa rainha” da competição. O percurso terá quatro prêmios de montanha, sendo um de primeira categoria, dois de segunda e um de terceira, além de duas metas volantes.

Classificação da 1ª Etapa

  1. Rodrigo Melo (Green/Piracicaba) / 3h11min28s
  2. Alexandre Manarelli (Funvic/Carrefour/São José dos Campos) / mt
  3. Michel Fernandes (São Francisco/Ribeirão Preto) / mt
  4. Armando Camargo (Memorial/Santos) / mt
  5. Everson Camilo (Avai/Florianopolis) / mt

Classificação geral após a 1ª etapa

  1. Rodrigo Melo (Green/Piracicaba) / 3h11min18s
  2. Alexandre Manarelli (Funvic/Carrefour/São José dos Campos) / a 2s
  3. Michel Fernandes (São Francisco/Ribeirão Preto) / a 6s
  4. Armando Camargo (Memorial/Santos) / a 10s
  5. Everson Camilo (Avai/Florianopolis) / a 12s

Classificação por pontos

  1. Alexandre Manarelli (Funvic/Carrefour/São José dos Campos) / 11 pontos
  2. Rodrigo Melo (Green/Piracicaba) / 10 pontos
  3. José Eriberto (Green/Piracicaba) / 5 pontos

Classificação de montanha

  1. Sidnei Rodrigues (SMEL/Foz do Iguaçu) / 6 pontos
  2. Felipe Marques (Equipe UFF) / 4 pontos
  3. Rogerio do Nascimento (Clube Maringaense de Ciclismo) / 2 pontos

Classificação por Equipes

  1. São Francisco / Ribeirão Preto – 9h34min34s
  2. Funvic/São José dos Campos – a 4s
  3. Memorial/Santos – a 8s

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização