21 de abril de 2024
Mariana Pajón - Foto: Divulgação / Shimano

Brasileiro Renato Rezende e colombiana Mariana Pajón vencem o Pan de BMX no Chile

Atletas Shimano Sports Team vencem Pan-Americano, disputado no domingo em Santiago

O carioca Renato Rezende (GT/FOP/Shimano) acrescentou mais um bom resultado à sequência iniciada com a sexta colocação conquistada na segunda etapa do UCI BMX Supercross, em Papendal (Holanda). Neste fim de semana, o brasileiro foi campeão pan-americano, no domingo (24) e vice do Campeonato Continental, no sábado (23), competições realizadas em Santiago, no Chile. Julia Alves, também do Shimano Sports Team, foi sexta no domingo e sétima no sábado.

Renato no alto do pódio no Chile - Foto: Divulgação / Shimano
Renato no alto do pódio no Chile – Foto: Divulgação / Shimano

“Fiz uma ótima etapa classificatória, vencendo todas as baterias, e acabou tudo dando certo na final para terminar com a vitória. Estou muito feliz por colocar o Brasil no lugar mais alto do pódio”, comentou Renato.

A Shimano também foi representada em solo chileno pela equipe GW/Shimano/PRO, da Colômbia. A campeã olímpica Mariana Pajón conquistou os dois títulos: o continental e o pan-americano Já Carlos Oquendo, medalhista olímpico, foi campeão no sábado e vice no Pan-Americano, atrás de Renato.

Isabella Lacerda é a melhor brasileira na República Tcheca – A mineira Isabella Lacerda (LM/Shimano) conquistou o melhor resultado entre os brasileiros – considerando as elites masculina e feminina – na primeira etapa da Copa do Mundo de Mountain Bike em 2015, disputada na cidade de Nove Mesto na Moravia, na República Tcheca, neste domingo (24). Isabella terminou a prova na 23ª colocação, resultado que lhe garantiu 60 pontos UCI e melhorou suas condições na disputa por uma vaga na Olimpíada de 2016.

Somando os pontos da Copa do Mundo com aqueles conquistados na CIMTB Levorin de São João del-Rei, Isabella diminuiu em 18 pontos a desvantagem para sua principal concorrente brasileira pela vaga olímpica, a goiana Raiza Goulão. Na divulgação do último ranking UCI, há cerca de duas semanas, Isabella estava com 675 pontos e Raiza, com 803. O resultado da ciclista mineira também foi importante para o Brasil, que sonha subir da 10ª para a oitava colocação no ranking feminino de nações e, assim, colocar duas ciclistas na prova de Cross Country do Rio 2016.

“O resultado foi excelente. A chuva constante e as características da pista, muito técnica, tornaram a prova ainda mais difícil. Os 60 pontos UCI conquistados foram super importantes para mim. Espero repetir o resultado em Albstadt (cidade da Alemanha que receberá a segunda etapa da Copa do Mundo, no domingo (31)”, comemorou Isabella.

Entre os homens, Ricardo Pscheidt (Trek) foi o melhor, finalizando na 78a. posição e Daniel Grossi (Groove/Shimano) ficou em 126. Na Sub-23, Luiz Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano) foi o 27. e Guilherme Muller (LM/Shimano) concluiu na 82a. colocação.

Marcelo Cândido campeão – O mineiro Marcelo Cândido (LM/Shimano) se sagrou campeão do II Desafio Mato e Morro de Bike, prova no formato maratona disputada neste domingo em Itapecerica (MG). O ciclista dominou a competição de ponta a ponta e cruzou a linha de chegada quase sete minutos à frente do segundo colocado, Gustavo dos Santos. Marcelo utilizou a prova como preparação para a Taça Brasil e o Campeonato Brasileiro.

Equipe Green na Volta de Goiás – A equipe Green/Piracicaba/Shimano teve participação destacada na Volta Ciclística de Goiás, encerrada no sábado (23). A equipe venceu duas etapas (com Rodrigo Melo e Glauber Nascimento), conquistou a Montanha, com Rodrigo Melo, e ficou em terceiro no geral, com Eriberto Medeiros. Esta semana, o time participa da Volta do Paraná, a partir de quarta-feira (27).

Manzana Postobón Team – O Manzana Postobón Team, equipe da Colômbia patrocinada pela Shimano, terá nove representantes na 42ª edição da competição Volta a Antioquia, que começa a ser disputada nesta terça-feira (26) em solo colombiano. Estão escalados para a disputa: Edson Calderón, Juan Diego Quintero, Bernardo Suaza, Juan Chamorro, Fernando Orjuela e Yean Rodríguez (elite); Juan Felipe Osorio, Hernán Aguirre e Juan Pablo Lopera (sub-23).

A competição de estrada será dividida em cinco etapas (entre terça e sábado) e terá percurso total de aproximadamente 600 quilômetros, reunindo as principais equipes da Colômbia.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização