12 de abril de 2024
Luiz Henrique Cocuzzi - Foto: Fabio Piva

Luiz Henrique Cocuzzi representa o Brasil na Copa do Mundo de XC Sub-23

Jovem atleta da Equipe Lar/Scott é o representante brasileiro mais bem colocado no ranking mundial da categoria Sub-23

Apontado por muitos como um dos grandes nomes para o futuro da elite do mountain bike brasileiro, o jovem Luiz Henrique Cocuzzi (Lar/Scott/Shimano) embarca nesta terça (19/5) para mais um compromisso importante: duas etapas da Copa do Mundo de XCO, que valem pontos importantes no ranking da UCI (União Ciclística Internacional) aos atletas brasileiros.

Serão dois finais de semana seguidos de provas. O primeiro desafio é agora, entre os dias 23 e 24, em Nové Město, na República Tcheca. De lá, ele segue para Albstadt, na Alemanha, onde compete entre de 30 a 31 de maio.

Depois de garantir a liderança da Sub-23 na Copa Internacional de MTB, Cocuzzi tem mais duas provas com os melhores atletas do cross country mundial – e garante estar preparado.

“Está sendo um período bastante intenso de competições, mas vida de atleta é assim mesmo. É uma sequência puxada, que exige muito – não só pelas provas em si, mas também pelas viagens e fuso horário diferente. Isso desgasta muito. Por isso, a alimentação e o descanso são tão importantes”, diz ele.

No Pan-Americano de MTB, em abril, Cocuzzi conseguiu dois excelentes resultados para o Brasil: medalha de ouro no Eliminator e quarto colocado no XCO da categoria Sub-23. Para as próximas duas etapas da Copa do Mundo, Cadu Polazzo, um dos treinadores da CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), aposta em mais um ótimo resultado.

“O Cocuzzi tem um grande talento. No cross country do Pan ele fez um quarto lugar, mas porque ele e um grupo de atletas cometeram um erro devido à sinalização do percurso e caíram quase para a última posição. Ele é um candidato muito forte a fazer bom papel na Copa do Mundo e um grande nome para o futuro da Elite”, analisou o técnico.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização