22 de abril de 2024
Police Neto defende criação de plano estruturado em São Paulo - Foto: Divulgação

Seminário propõe discussão sobre a infraestrutura cicloviária de São Paulo

Especialista que ajudou a implantar plano cicloviário e bicicletários em Bogotá irá contar a experiência bem sucedida adotada na capital da Colômbia

Em Bogotá, guardar a bicicleta em um estacionamento próprio para as magrelas para pegar o transporte público não é um problema. A capital da Colômbia conta hoje com os mais modernos e seguros bicicletários do mundo, os chamados “parqueaderos de bicis”. São bicicletários públicos, gratuitos, cobertos e muito seguros. Os usuários dos bicicletários são registrados eletronicamente, assim como as bicicletas. Desta forma, não há como alguém retirar a bicicleta de outra pessoa por engano ou por má fé. O maior bicicletário de Bogotá, o do Portal Américas, conta com vagas para 785 bicicletas. No total são mais de 3 mil vagas somente para bikes.

O bem sucedido sistema cicloviário colombiano é o tema da palestra do colombiano Andrés Jara no seminário “Infraestrutura Cicloviária: Conceito e Implantação”, que acontecerá na próxima segunda-feira, dia 18 de maio, na Câmara Municipal de São Paulo. Andrés Jara trabalhou com o ex-prefeito de Bogotá, Enrique Penãlosa, que em três anos de mandato construiu 230 km de ciclovias. Atualmente, a cidade conta com 371 km de rotas cicloviárias.

O seminário é organizado pelo vereador José Police Neto. Ciclista há quatro anos, Police Neto defende que São Paulo implemente um plano cicloviário bem estruturado na cidade, com ciclovias de qualidade e a um preço justo. “Nosso objetivo é refletir e contribuir com a Prefeitura no sentido de melhorar o uso da bicicleta como modal de transporte urbano. Por isso reunimos neste seminário técnicos e cicloativistas para debater o assunto”, afirma o vereador Police Neto

Participam também da mesa do debate:

  • Jilmar Tatto, secretário Municipal dos Transportes de São Paulo, vai apresentar o Plano Cicloviário da cidade.
  • Isaac Edington, coordenador do Movimento Salvador Vá de Bike e atual presidente da Saltur (empresa pública de turismo de Salvador). Vai contar a experiência da implantação de ciclovias em Salvador.
  • Carlos Torres, pesquisador do Cebrap, fez os primeiros estudos do plano cicloviário da cidade de São Paulo
  • José Police Neto – é ciclista e vereador em 3º mandato, foi presidente da Câmara em 2011 e 2012. Pesquisador social, cursou Ciências Sociais na UFSCar.
  • Renata Falzoni – Arquiteta, jornalista e cicloativista, é editora do portal Bike É Legal e repórter especial da TV Gazeta.
  • Daniel Guth – É consultor de políticas em mobilidade urbana. Diretor de Participação do Ciclocidade e Líder da Rede Bicicleta Para Todos.

Serviço

Ciclo de debates Pensando a Cidade

  • Tema: Infraestrutura cicloviária, conceito e implantação
  • Data: Segunda-feira, 18 de maio
  • Endereço: Câmara Municipal de São Paulo, Sala Prestes Maia (Viaduto Jacareí, 100 – Bela Vista)
  • Horário: Das 19h às 22h

Maiores informações

Regina Terraz
Assessoria de Imprensa do vereador Police Neto
Tels. (11) 3396-4604 / 9 7596-2423

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização