1 de março de 2024
Adauto Augusto, da categoria Triciclo - Foto: CBC / Divulgação

Campeonato Brasileiro de Paraciclismo é sucesso em Brasília

Competição será realizará em um total de quatro etapas nesta temporada. Próximo desafio acontece em julho, em Santa Catarina

Neste último final de semana, entre os dias 10 e 12 de abril, foi realizada a primeira etapa da Copa Brasil de Paraciclismo de Estrada – Troféu João Schwindt, na cidade de Brasília. A abertura do evento, que também é reconhecimento pela Confederação Brasileira de Ciclismo como o Campeonato Brasileiro desta disciplina, reuniu os principais nomes do esporte em dois dias de disputas.

No sábado, os atletas pedalaram na prova Contra-Relógio. Entre as várias categorias, a Handbike chamou a atenção pela grande quantidade de atletas inscritos, comprovando o desenvolvimento da modalidade. Já no domingo a disputa foi em uma prova de resistência, realizada em circuito montado no anel externo do Autódromo Internacional Nelson Piquet. O atleta da Seleção Brasileira, Lauro Chaman, que compete na categoria C5, levou a melhor nos dois dias e saiu na frente pela disputa do título nacional.

Outro grande destaque foi Jefferson Spimpolo, da categoria C3. O atleta predominou sobre os adversários e também ficou com o título nas duas provas da primeira etapa.  “O circuito do Contra-Relógio era bastante duro, com muitas curvas fechadas, mas consegui terminar com o ouro. Na prova de resistência fiz o meu melhor, porque sabia que a comissão técnica estaria avaliando os atletas para a convocação do Parapanamericano, então larguei forte e fiz duas voltas no limite, abrindo uma boa vantagem dos adversários. Graças a deus consegui manter até o final e terminei com duas vitórias. Precisamos destacar também a organização do evento que foi mais uma vez muito boa. A CBC e o CPB estão de parabéns”, declarou Jefferson.

Pensando em provas internacionais, Jady Martins, que compete na categoria Handbike, venceu as duas provas e deixou claro os seus objetivos da temporada: “De junho a agosto vou competir em uma etapa da Copa do Mundo, no Mundial, e no Parapan. Vai ser bem puxado, mas com meus treinos, acredito que vou me sair bem e acho que dá para ficar entre as 10 primeiras no Mundial”, planeja Jady.

No ciclismo paralímpico, os atletas são divididos em três categorias: os com dificuldade de locomoção com prejuízo em algum membro (C1 a C5), os com deficiência visual (tandem-B) e os paraplégicos que utilizam uma bicicleta especial impulsionada com as mãos (handbike – H1 a H5). Quanto maior o número, menor o grau de comprometimento.

Calendário da Copa Brasil de Paraciclismo – Troféu João Schwindt 2015

  • 1ª Etapa – Brasília (DF) – 10 a 12 de Abril
  • 2ª Etapa – Penha (SC) – 10 a 12 de Julho
  • 3ª Etapa – Aracaju (SE) – 25 a 27 de Setembro
  • 4ª Etapa – Niteroi (RJ) – 13 a 15 de Novembro

Fonte: Confederação Brasileira de Ciclismo

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização