28 de fevereiro de 2024
Henrique Avancini é um dos atletas convocados para o Pan - Foto: Weschta Thomas / EGO-Promotion

Seleção Brasileira de MTB disputa Pan-Americano da Colômbia

Equipe estará competindo em quatro provas entre os dias 25 e 29 de março no primeiro grande desafio internacional da temporada. Campeão somará 200 pontos no ranking mundial

Os principais nomes do Montain Bike brasileiro estão reunidos na Colômbia, para representar a Seleção Brasileira durante o Campeonato Pan-Americano 2015, que será realizado no município de Cota. A competição é considerada um dos mais importantes desafios do ano na América do Sul. O campeão estará somando 200 pontos no ranking mundial.

Em seu primeiro grande desafio internacional da atual temporada, a seleção estará focada na classificação para Rio 2016. Segundo o técnico Carlos Polazzo, não basta termos uma vaga garantida, precisamos trabalhar duro para ampliar essa classificação e poder disputar as olímpiadas com o número máximo de atletas possíveis.

“O Pan-Americano é fundamental na busca das vagas olímpicas. O diferencial será a adaptação de cada atleta à altitude. A competição acontece a 2.500 metros acima do nível do mar e a adaptação a essa condição é diferente para cada pessoa e isso será fundamental no desempenho. As três primeiras colocações estarão distribuindo 470 pontos no ranking mundial e isso é fundamental nessa corrida pela classificação para Rio 2016”, informou Polazzo.

A Seleção estará competindo com dez atletas em quatro provas. Henrique Avancini, Frederico Nascimento, Sherman Trezza, Rubens Donizete e Ricardo Pscheidt disputam a prova da Elite masculino, enquanto Luiz Henrique Cocuzzi será o representante na Sub-23. No feminino, a seleção terá Raiza Goulão, Isabella Lacerda e Erika Gramiscelli. O piloto Lucas Bertol completa a participação brasileira, na prova de Downhill.

O ciclista Rubens Donizete, que já acumula quatro pódios internacionais nesta temporada, acredita em um excelente resultado, mas não descarta a preocupação com a altitude.

“Realizei um trabalho especifico para esse Pan e estou me sentindo muito bem. Tivemos a preocupação de tentar chegar o mais cedo possível aqui na Colômbia para não sofrermos com a altitude, que acredito ser um dos nossos grandes adversários. O percurso eu achei bastante duro, com várias subidas íngremes. Como está chovendo bastante, precisamos adequar o equipamento certo para nada dar errado. Mas acredito que as dificuldades são para todos e agora precisamos estar focados para conquistar um bom resultado”, declarou Rubinho.

A empolgação brasileira se estende também entre as mulheres. Erika Gramiscelli aposta em seu melhor momento da carreira para brilhar na Colômbia. “Nunca estive tão bem preparada fisicamente e mentalmente para uma competição. O meu objetivo principal é estar sempre entre as cinco melhores e buscar a vitória. Essa competição será decisiva tanto para a minha participação nos Jogos de Toronto, como para a classificação do Brasil para Rio 2016. Não tenho medo do que terei que enfrentar, realizei um trabalho de preparação física muito intenso e agora é só aguardar a largada”, destacou a brasileira.

Programação

  • 28/03 – Downhill masculino
  • 29/03 – XCO masculino elite
  • 29/03 – XCO feminino elite
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização