25 de abril de 2024
Isabella Lacerda (LM / Shimano) - Foto: Bruno Fernandes / Nois Pedala

Dupla do Shimano Sports Team busca pontos para Rio 2016 em prova no Chile

Isabella Lacerda (LM/Shimano) e Sherman Trezza (Caloi Elite Team) disputam a Copa Lippi neste sábado (14) em Santiago

Segue a caminhada rumo ao sonho de representar o Brasil no Jogos Olímpicos Rio 2016 para os ciclistas Isabella Lacerda e Sherman Trezza. A dupla do Shimano Sports Team está em Santiago, no Chile, para disputar neste sábado (14) a Copa Lippi de MTB. Com classificação E1 (classe 1), a prova na capital chilena atribui aos campeões das elites 60 pontos nos rankings mundial e olímpico.

Sherman Trezza (Caloi Elite Team) - Foto: Bruno Fernandes / Noispedala
Sherman Trezza (Caloi Elite Team) – Foto: Bruno Fernandes / Noispedala

Entre os adversários em Santiago, estarão vários ciclistas considerados favoritos na prova SHC (Hors Class) na Copa Internacional de MTB, em Araxá, há uma semana. Entre as mulheres, Daniela Campuzano (MEX), Raiza Goulão (BRA) e Agustina Apaza (ARG), rivalizarão com Isabella Lacerda pelo título. Na elite masculina, Rubinho Valeriano (BRA), Dario Gasco (ARG), Luciano Caracioli (ARG) e Rotem Ishay (ISR) estão entre os destaques, enquanto Fábio Castanheda (COL) deverá ser o principal rival de Sherman e dos demais ciclistas.

“A Copa Lippi vai ser bem disputada. As estrangeiras que estavam no Brasil para a CIMTB também estarão no Chile, por isso acredito em uma prova dura e de alto nível. Como sempre, irei para vencer. Estamos cansadas após Araxá, por isso será difícil para todas”, lembra Isabella Lacerda. “São 60 pontos em jogo nos rankings internacionais, muito importante para seguir forte na briga pela vaga no Rio 2016”, completou a ciclista que ocupa o segundo posto do País no ranking olímpico, atrás de Raiza.

Para Sherman Trezza, o alto nível dos rivais no Chile será uma motivação a mais. “A expectativa é boa e não poderia ser diferente quando se tem pela frente nível tão alto de concorrentes pelo título. Por isso e pelos pontos no ranking olímpico, em que eu estava em terceiro na última atualização no início do mês, estou bastante motivado. A disputa pela vaga olímpica é difícil, mas não impossível. Independentemente de conseguir ou não minha vaga, o importante é ajudar o Brasil a levar dois atletas, caso esteja entre as 13 melhores nações do mundo no ranking”, relata Sherman, que após a disputa em Araxá caiu para a quarta colocação do País no ranking olímpico, a apenas dois pontos (228 a 226) de Ricardo Pscheidt.

A largada das elites está marcada para as 14h no horário local, o mesmo de Brasília. A prova será disputada no Parque Metropolitano de Santiago, circuito com diversas partes técnicas e vários tipos de terrenos como rochas grandes e atalhos rápidos, caracterizando-se pela diversidade e dinamismo. “É uma pista dura, com muitas pedras e trechos em off camber (curva desnivelada), além de subidas difíceis. O clima seco também requer atenção e exige ainda mais do ciclista”, avalia Isabella.

Preparação final para o Pan-Americano de MTB na Colômbia – Além de somar mais pontos nos rankings mundial e olímpico, a Copa Lippi no Chile servirá como preparação final para o Campeonato Pan-americano de MTB, em Cota, na Colômbia, entre os dias 25 e 29 de março. Assim como Isabella Lacerda e Sherman Trezza, mais três ciclistas Shimano estão convocados pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) para representar o Brasil na prova: Ricardo Pscheidt, Frederico Mariano e Luiz Henrique Cocuzzi.

O Shimano Sports Team (SST) é um projeto do marketing esportivo da Shimano Latin America para proporcionar maior estrutura, visibilidade e assistência técnica especial aos atletas patrocinados, oferecida pelo Suporte Neutro da Shimano nas principais competições do mundo. O principal objetivo do SST é ajudar os profissionais do ciclismo durante o período pré-olímpico, preparando e motivando-os na busca pelas vagas no Rio 2016.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização