25 de abril de 2024

Empresa usa carpete usado como matéria-prima na fabricação de bikes infantis

A Recycled Edition, além de sustentável, é ajustável, e pode ser usada por crianças dos 12 meses aos 6 anos de idade

A Wishbone Design, uma pequena empresa da Nova Zelândia especializada na fabricação de bicicletas infantis lançou no mercado um modelo de balance bike que utiliza carpetes usados como matéria-prima na construção do quadro.

Embora tenha sido amplamente utilizado na decoração de imóveis, o carpete, tão em voga nos anos 80, utiliza em sua composição materiais como o nylon e a lã e é  seu descarte é considerado um grave problema ambiental.

Segundo a organização não-governamental Carpet America Recovery Effort (Care), especializada em achar soluções para recuperar o valor do material descartado, mais de 5 bilhões de toneladas deste material acabam anualmente em aterros de todo o mundo.

Wishbone Recycled Edition

Batizada de Wishbone Recycled Edition, a bicicleta é o primeiro produto do mundo cujo quadro é feito com fibras de carpete usado reforçado com fibra de vidro, segundo o jornal inglês The Guardian. A invenção foi bancada pela empresa Wishbone Design, do casal neozelandês Jenny e Rich McIver, e levou cinco anos de testes até finalmente começar a ser comercializada.

A nova tecnologia permite transformar as fibras dos carpetes em formas rígidas tubulares que podem ser usadas para fabricar as peças da bicicleta. Em média, são usados dois quilos de carpete para cada produto, que já está à venda no próprio site da empresa por US$ 199,00 (aproximadamente R$ 620).

Assim como outros modelos de bike da empresa (que utilizam madeira na construção do quadro), a Recycled Edition é além de sustentável, totalmente ajustável, podendo ser usada por crianças entre os 12 meses aos 6 anos de idade.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização