24 de abril de 2024

S-Works Power, o novo selim de alta performance da Specialized

Com melhor adequação para circulação sanguínea, novo modelo proporciona máximo conforto mesmo em posições de alto desempenho

O novo Selim S-Works Power da Specialized foi projetado para um propósito muito simples: ir além com menos desconforto. Muitos atletas, incluindo alguns profissionais da Specialized, reclamaram após períodos prolongados em suas posições para ganhar potência e levantados, mais notadamente, durante as descidas. Após extensos testes e análise de circulação sanguínea, os engenheiros que analisam a composição geométrica corporal concluíram que a explicação para isso era simples e tinha a ver com a rotação para frente da pelve, enquanto os ciclistas buscavam maior velocidade e desempenho.

Assim, foi desenvolvido o Selim Power. Tomando como base o aprendizado que a Specialized obteve com a Sitero e emprestando elementos de design do Phenom, bem como recortes de fluxo de selins femininos, o selim Power mantém o ciclista mais confortável quando em uma posição de aumento de desempenho e força, permitindo uma ótima transferência de potência.

S-Works Power

O que chama a atenção à primeira vista no selim Power é seu “nariz” mais curto, porém mais largo, gerando uma base mais alongada para geometria corporal, uma saída definitiva para as formas tradicionais de selim. No entanto, o Selim Power é perfeitamente desenhado para o melhor formato de assento, adequado para a estrutura óssea dos atletas e possuindo a melhor circulação sanguínea em qualquer selim, para Estrada ou Montanha, já testado pela Specialized. Isso significa mais potência com menos fadiga durante longos períodos.

O melhor desempenho não está atrelado apenas à geometria corporal de cada um. A base do selim apresenta uma nova construção de carbono e tecnologia de polímero. Construído com partes iguais de engenharia, combinadas com conforto e desempenho, o selim Power é a escolha ideal para os pilotos que procuram aumentar o desempenho sem sentir desconforto.

Disponível em três opções de largura (143 milímetros, 155 milímetros, 168 milímetros) e projetado para homens e mulheres, o selim é adaptável para qualquer piloto e pode até mesmo ser encontrado no pelotão profissional seja em Lars Boom, da Astana Pro Team, ou então em Evelyn Stevens, da Boels-Dolmans Cycling Team.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização