25 de abril de 2024

Lance Armstrong é condenado a pagar US$ 10 milhões a ex-patrocinador

O ex-ciclista profissional Lance Armstrong, foi condenado ontem (16/02) a pagar uma indenização de US$ 10 milhões à empresa norte-americana SCA Promotions Inc. Em 2006, a empresa havia premiado o ex-atleta com um bônus de US$ 7,5 milhões por suas vitórias no Tour de France em 2002 e 2003.

Logo após tomar conhecimento das acusações de de doping contra Armstrong, a empresa resolveu mover um processo na justiça dos EUA contra o ex-ciclista.

Em 2006, as partes tentaram um acordo extrajudicial, no qual o ciclista comprometeu-se a pagar a soma do apoio inicial de 4,5 milhões, mais dois milhões em custos processuais.

Quando, em 2012, Armstrong foi banido do Ciclismo e despojado dos seus sete títulos no Tour de France, a SCA Promotions Inc. reabriu o caso alegando perjúrio e fraude e conseguiu ganho de causa nos tribunais. O valor da punição é um dos maiores já aplicados a uma pessoa nos Estados Unidos.

Esta não parece ser a última dor de cabeça de Lance Armstrong. Sua batalha com o governo dos Estados Unidos ameaça acabar com sua fortuna pessoal, já que Armstrong está sofrendo um processo por fraude que pode render aos cofres do Tesouro norte-americano uma boa parte de sua fortuna pessoal, avaliada em cerca de US$ 125 milhões, segundo a revista Forbes.

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização