29 de fevereiro de 2024
Tweet não foi encarado como piada pelos chefes do britânico e ele foi demitido

Britânico é demitido após publicar suposta piada sobre ciclista em rede social

Rayhan Qadar postou texto no Twitter dizendo que havia atropelado um ciclista e fugido sem prestar socorro. Seus patrões não gostaram da piada “inaceitável” e o demitiram

“Acho que acabo de atropelar um ciclista. Mas eu estou atrasado para o trabalho, então eu nem parei lol (laughing out loud, ou rindo muito alto, em tradução livre)”. O autor desse tweet, o britânico Rayhan Qadar, postou em seguida mensagens explicando que não havia atropelado ninguém e que tudo não passava de uma piada.

No entanto, os diretores da empresa onde ele trabalha consideraram a mensagem “inaceitável” e o demitiram.

“(Qadar) não teve a conduta que esperamos de nossos funcionários”, disse um porta-voz da operadora Hargreaves Lansdown, que atua em Cardiff, capital do País de Gales.

O tweet ganhou tamanha proporção que a polícia local chegou a pedir que a vítima denunciasse o atropelamento. Qadar é estudante da Universidade de Cardiff e trabalha na corretora.

Usuários do Twitter criticaram a mensagem do jovem e a retuitaram centenas de vezes. O astrônomo Adam Whitaker escreveu: “Você sabe o que é mais idiota do que fugir (após um atropelamento)? Tuitar isso para o mundo inteiro ver. Vou seguir o seu caso.”

Com a repercussão, Qadar postou outros dois tweets para seus mais de 1,3 mil seguidores, tentando explicar a história: “Eu não atropelei nenhum ciclista. Nem hoje, nem nunca. Foi uma piada idiota que eu fiz. Qualquer um que me segue no Twitter sabe que 99% das coisas que eu posto são nonsense.”

Fonte: BBC

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização