23 de abril de 2024

Governo do Paraná cria 5 opções rotas para cicloturismo litorâneo

O Governo do Paraná, através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, elaborou 5 rotas para incentivar a prática do cicloturismo no litoral do estado durante a temporada de verão. Inicialmente foram traçadas cinco rotas, com diferentes níveis de dificuldade e trajetos.

Todas as rotas foram elaboradas e previamente percorridas por ciclistas que integram a Federação Paranaense de Ciclismo, a Associação de Ciclistas do Alto Iguaçu e o projeto Ciclovida, da Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Foram elaborados passeios em que os ciclistas poderão pedalar até a Floresta Estadual do Palmito ou até o Parque Estadual Rio da Onça. Também foram incluídas rotas gastronômicas como a visita a comunidade do Cabaraquara, em Matinhos; o turismo rural até a colônia Maria Luíza ou roteiro cultural pela orla de Matinhos, incluindo pedaladas noturnas pelos balneários.

O coordenador do Projeto Ciclovida da Universidade Federal do Paraná (UFPR), vice-presidente da Federação Paranaense de Ciclismo e diretor de lazer da Cicloiguaçu, José Carlos Belloto, explica que o objetivo é ofertar aos veranistas opções de passeio, aliando a prática de esporte e a proximidade com a bicicleta.

“Estamos incentivando o uso de um meio de transporte não poluente para que as pessoas possam conhecer áreas naturais e a cultura do Litoral”, disse Belloto.

Rotas de cicloturismo

Rota 1 – Saindo de Matinhos até o Parque Estadual Rio da Onça

Parque Estadual Rio da Onça - Foto: Governo do Paraná / Divulgação
Parque Estadual Rio da Onça – Foto: Governo do Paraná / Divulgação
  • Distância – 6 km de ida e 6 km de volta
  • Atrativos – O Parque Estadual Rio da Onça está localizado no meio da Mata Atlântica e conta com 1.567 metros de trilhas educativas que podem ser feitas a pé. Tempo médio da Trilha: 30 minutos
  • Tempo médio de pedalada – 30 minutos
  • Dicas – Levar repelente e evitar roupa escura.
  • Nível de Dificuldade – Baixo
  • Mapa – https://goo.gl/maps/RQgM6

Rota 2 – Matinhos até o Cabaraquara (Roteiro das Ostras)

Roteiro das Ostras - Foto: Governo do Paraná / Divulgação
Roteiro das Ostras – Foto: Governo do Paraná / Divulgação
      • Distância – 7 km ida e 7 km de volta
      • Atrativos – O Cabaraquara é um dos lugares onde se encontra a natureza em sua mais completa exuberância. Mata atlântica, rios, mangues, montanhas, cachoeiras e uma comunidade receptiva que oferece opções de lazer. Trilhas, passeios de barco, artesanato nativo e, principalmente, degustação de ostras cultivadas e servidas no local. A Comunidade do Morro do Cabaraquara fica localizada nas proximidades do Ferry Boat em Caiobá, mas pertence ao município de Guaratuba. O local abriga diversos restaurantes especializados em frutos do Mar.
      • Tempo médio de pedalada – 40 minutos
      • Ponto de Parada Sugerido – Ferry Boat
      • Dicas – Ficar atento à rodovia, pois não possui acostamento. Levar repelente.
      • Nível de Dificuldade – Médio
      • Mapa – https://goo.gl/maps/Sd9qV

Rota 3 – Praia de Leste até a Floresta Estadual Parque do Palmito

Floresta Estadual Parque do Palmito - Foto: Governo do Paraná / Divulgação
Floresta Estadual Parque do Palmito – Foto: Governo do Paraná / Divulgação
      • Localização  Rodovia BR407, km 4 – Zona Rural de Paranaguá.
      • Telefone  (41) 3424-5016
      • Distância – De Matinhos à Floresta do Palmito são 32 km. Do trevo de Praia de Leste até a Floresta do Palmito são 15 km (quilômetros).
      • Atrativos – A Floresta Estadual do Palmito possui uma estrada com 6.500 metros de extensão que passa pelo interior da Unidade de Conservação, chegando até o Rio das Correias, com 25 metros de largura. Na Unidade de Conservação são desenvolvidas atividades de educação ambiental. O local possui variedade de espécies da flora da mata atlântica, sendo considerado um dos maiores orquidários naturais da região Sul.
      • Ponto de Parada sugerido – Posto da Polícia Rodoviária Estadual de Praia de Leste
      • Tempo médio de pedalada – 30 minutos para ciclistas e 60 minutos para iniciantes.
      • Dicas – Dentro da Floresta do Palmito é possível fazer a trilha de 6 km de extensão de bicicleta. Também é possível ir de carro até a floresta e pedalar apenas nas trilhas internas do Parque.
      • Nível de Dificuldade – Médio

Rota 4 – Matinhos até a Floresta do Palmito

Ciclofaixas em Matinhos - Foto: Divulgação
Ciclofaixas em Matinhos – Foto: Divulgação
      • Localização  Rodovia BR407, km 4 – Zona Rural de Paranaguá.
      • Telefone  (41) 3424-5016
      • Distância – 32 km (quilômetros)
      • Atrativos – A Floresta Estadual do Palmito possui uma estrada com 6.500 metros de extensão que passa pelo interior da Unidade de Conservação, chegando até o Rio das Correias, com 25 metros de largura. Na Unidade de Conservação são desenvolvidas atividades de educação ambiental. O local possui variedade de espécies da flora da mata atlântica, sendo
        considerado um dos maiores orquidários naturais da região Sul.
      • Pontos de Paradas – Restaurante Birutas, em Gaivotas
        Posto Maru em Praia de Leste – Rodovia Argus Tha Heyn, 240 telefone (41) 3458-1066
      • Tempo médio de pedalada – 1h30 minutos para ciclistas e 3horas para Iniciantes
      • Dicas – Dentro da Floresta do Palmito é possível fazer a trilha de 6 km de extensão de bicicleta. Também é possível ir de carro até a floresta e pedalar apenas nas trilhas internas do Parque.
      • Nível de Dificuldade – Alto

Rota 5 – Matinhos até a Colônia Maria Luiza (Cicloturismo Rural)

    • Localização  Rodovia PR-508, km 7 – Zona Rural de Paranaguá
    • Distância  25km
    • Atrativos  Cachoeira Quintilha
    • Pontos de Parada  Posto da Polícia Rodoviária Federal
    • Tempo médio de pedalada  1h30 para ciclistas e 2h para iniciantes.
    • Dicas  Protetor solar, bonés ou chapéus. É possível realizar boa parte do trajeto pela Estrada Velha paralela a rodovia, o acesso inicia na Colônia Cambará (acesso à aproximadamente 2km da Copiosa Redenção). A Estrada Velha vai serpenteando a rodovia, cruza várias vezes passando por dentro das colônias. Na rodovia não há acostamento.
    • Nível de Dificuldade  Alto
    • Mapa  https://goo.gl/maps/49k3G
error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização