22 de fevereiro de 2024
A coleção inclui todos os modelos de câmbios traseiros Campagnolo Nuovo Record construídos entre 1970 e 1984

Colecionador põe a venda rara coleção de câmbios Campagnolo

Norte-americano vende coleção de câmbios e componentes topo de linha da marca italiana, produzidos entre 1950 e 1984, com as embalagens originais e nunca instalados em bicicletas

Uma coleção resulta do trabalho que se tem para reunir um conjunto de objetos da mesma natureza ou que tem qualquer relação entre si. No caso do norte-americano Richard Sachs, que produz artesanalmente quadros de bikes a moda antiga, nada mais natural do que colecionar componentes de bicicleta.

Apaixonado pelos componentes da Campagnolo, Sachs passou a colecionar, ao longo do tempo, câmbios e trocadores de marcha da marca italiana, adquirindo câmbios traseiros de cada ano de fabricação do grupo Nuovo Record, o topo de linha da marca.

A maioria dos componentes está em sua embalagem original
A maioria dos componentes está em sua embalagem original

Por motivo não divulgado, Sachs anunciou a venda de toda sua coleção, que inclui todos os modelos de câmbios traseiros Campagnolo Nuovo Record construídos entre 1970 e 1984, no que se acredita ser a única coleção completa em todo o mundo.

Além disso, a coleção inclui uma série de outros câmbios antigos dos grupos construídos a partir de 1950. No total, a coleção inclui 33 câmbios e 16 pares de trocadores de marcha dos grupos Gran Sport, Record, Sportman, Sport, Sport Extra, Valentino Extra, Nuovo Valentino e Velox, todos novos e nunca instalados em bicicletas. Alguns modelos chegam ao requinte de estar em suas embalagens e selos originais de fábrica.

A coleção está sendo oferecida pela quantia de 14 mil dólares, uma verdadeira “pechincha” para os fãs da icônica marca italiana. Aos interessados, segue o a-mail de Richard Sachs: richardsachs@juno.com

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização