21 de fevereiro de 2024
Segundo o governo do presidente Nicolás Maduro (centro), o motivo da medida é "evitar especulações ilegais" sobre o produto

Na contramão: Venezuela restringe compra de bicicletas

A partir deste mês, não será mais possível comprar mais de uma bicicleta por pessoa no país

A atual crise recessiva na Venezuela ameaça não apenas tornar o natal dos seus habitantes mais minguado, mas também levar o país a contramão da atual tendência de incentivar as vendas de bicicletas.

A partir deste mês, não será mais possível comprar mais de uma bicicleta por pessoa na Venezuela. Segundo o governo do presidente Nicolás Maduro, o motivo da medida é “evitar especulações ilegais” sobre o produto. O responsável pela Câmara Venezuelana das Bicicletas, Julio Pena, afirmou que quando o próximo estoque chegar, o governo pedirá que os vendores fiquem “atentos” para que cada pessoa saia do estabelecimento com apenas uma bicicleta.

Pena explica que “muita gente diz que tem três ou quatro filhos”, mas agora para poder comprar mais de um exemplar será necessário “apresentar certificado de nascimento” de cada criança na loja. (ANSA)

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização