12 de abril de 2024

Brasileiro investe na produção de bicicletas elétricas estilo vintage

Apesar do estilo retrô, bicicleta incorpora tecnologias como rastreador GPS, sistema de alarme e entrada USB para recarregar celulares

O engenheiro Victor Hugo Cruz largou o terno e a gravata para desenvolver sua bicicleta elétrica. Surgiu então a Vela, que foi produzida com um design retrô, aliando o centenário mecanismo das bicicletas com componentes de alta tecnologia. O resultado, depois de dois anos de pesquisa e projeto, é uma solução econômica, sustentável e prática para os problemas de ineficiência do transporte urbano atual.

Vela

A Vela pesa apenas 19 kg, cinco a menos que modelos comuns no mercado. O acabamento é cromado com quadro em aço e selim de couro, com molas de absorção de impacto. A simplicidade dos mecanismos foi estudada para evitar a necessidade de manutenção.

A bateria removível localizada no quadro permite uma fácil recarga – em menos de duas horas e meia – e proporciona à bicicleta uma autonomia de 25 km a 35 km. Para ligar a Vela, basta pressionar um botão e o motor entra como auxílio ao começar a pedalar, facilitando a locomoção (principalmente em subidas). Outros recursos que a bicicleta disponibiliza para seus usuários são uma entrada USB para recarga de celulares e tablets além de um sistema de alarme com senha sequencial e rastreador de GPS interno.

O projeto começou pela plataforma Catarse afim de arrecadar parte dos fundos para a montagem da oficina e produção das bicicletas. As primeiras unidades entram no mercado em março de 2015 no valor de R$ 3.900, porém, ainda é possível garantir a sua com desconto no site da Vela.

Fonte: eCycle

error: Textos, fotos, artes e vídeos do site MTB Brasília estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização